Guerrero se mantém focado no Timão mas ainda não se sente ídolo

Guerrero se mantém focado no Timão mas ainda não se sente ídolo

Por Larissa Emanuelle

Guerrero ainda não se sente ídolo do clube

Guerrero ainda não se sente ídolo do clube

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Considerado ídolo após os gols feitos na conquista do bicampeonato mundial, Guerrero ainda é o mesmo no Corinthians. Nos treinamentos, assim como nos jogos, costuma se irritar com seus próprios erros e mesmo com poucos gols no ano, o centroavante ainda acredita que pode ajudar a equipe.

Ao lado do companheiro Ralf, que também está no clube há certo tempo, Guerrero, em 85 jogos e com 30 gols, só recebeu cartões amarelos.

"Ainda não (fui expulso). Amadureci muito depois dessas besteirinhas que fiz e que não volto a fazer. Não gosto de perder e nem de empatar, ainda mais quando não faço gol. Foram coisas que aconteceram no campo e por parte da emoção (relembrando o episódio em que atirou uma garrafa em um torcedor). Mas eu já esqueci. Até os dias de hoje, não tenho expulsão pelo Corinthians. Sou mais controlado. Fico me cobrando, mas depois do jogo", disse o peruano.

O jogador do Timão ainda concedeu entrevista à um site esportivo, onde contou ainda mais um pouco sobre si mesmo. Durante as perguntas, o centroavante ainda afirmou que ainda não se considera ídolo do clube, mesmo após os gols no Mundial 2012.

Ainda durante os questionamentos, o jogador demonstrou estar chateado por não poder participar da Copa do Mundo no Brasil mas fez questão de elogiar a preparação da equipe nos últimos dias e ressaltou que mesmo com a dificuldade no início deste ano (Campeonato Paulista), o time já se 'entrosou' com o técnico Mano Menezes e acredita que a união do técnico com o elenco pode ajudar na conquista de um título nesta temporada.

O Corinthians segue em Extrema, onde se prepara pensando no confronto com o Internacional, no dia 17 de julho.

Veja Mais:

  • Guilherme diz ser meia-atacante; posição como meia-central do 4-1-4-1 não agrada

    Guilherme abre o jogo, se vê prejudicado por esquema e pede sequência no Corinthians

    ver detalhes
  • Love marcou 14 gols no Brasileirão 2015, abaixo apenas de Ricardo Oliveira, artilheiro

    Na Turquia, ex-Corinthians supera Eto'o e briga pela artilharia do campeonato

    ver detalhes
  • Pablo, Maycon, Léo Jabá... Corinthianos comemoram virada nas redes sociais

    Pablo, Maycon, Léo Jabá... Corinthianos comemoram virada nas redes sociais

    ver detalhes
  • Confira os gols de Mirassol 2x3 Corinthians

    VÍDEO: Confira os gols de Mirassol 2x3 Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes