Marcelo joga a sétima partida pelo Atlético-PR e acaba com o 'sonho' do Timão

Marcelo joga a sétima partida pelo Atlético-PR e acaba com o 'sonho' do Timão

Por Larissa Emanuelle

1.2 mil visualizações 55 comentários Comunicar erro

Marcelo não reforçará o Timão

Marcelo não reforçará o Timão

A novela para trazer o atacante Marcelo, do Atlético-PR, chegou ao fim. Nesta última rodada do Campeonato Brasileiro, o jogador realizou a sua sétima partida pelo clube paranaense e dessa forma, não será mais contratado pelo Timão.

Desde junho, a diretoria Corinthiana tentava a contratação do atacante revelação 2013, mas não conseguiu chegar à um acordo com Atlético-PR. O Timão chegou à acertar salários com o atleta, mas a forma de pagamento não agradou o clube detentor dos direitos do jogador. Marcelo estava avaliado em cinco milhões de euros e para comprá-lo, seria necessário dois milhões de entrada para só então parcelar o restante.

Corinthiano desde criança, Marcelo aguardava um desfecho positivo entre os clubes mas acabou assistindo a negociação emperrar. O clube alvinegro, sem contar com o valor em seu caixa, buscou investidores para fechar o acordo mas não obteve êxito. Sem a chegada deste, o Timão segue com as mesmas peças (Romarinho, Luciano, Malcom e Guerrero) e ainda o recém contratado Ángel Romero.

Veja Mais:

  • Torcedores fizeram enormes filas no último sábado para garantir ingresso para o treino

    Ingressos do treino aberto do Corinthians são vendidos por até R$ 50; clube divulga nota oficial

    ver detalhes
  • Noite de decisão será de grande público na Arena Corinthians

    Corinthians divulga parcial de 38 mil ingressos vendidos para decisão contra o Flamengo

    ver detalhes
  • Nesta quarta-feira, Corinthians e Flamengo lutam por vaga na final da Copa do Brasil

    Copa do Brasil, treino aberto e decisão no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians de Jair Ventura está em oitavo lugar no Brasileirão

    Corinthians 'volta uma casa' na classificação do Brasileirão, mas diminui distância para o G6

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes