Pai de Tevez é sequestrado na Argentina

Pai de Tevez é sequestrado na Argentina

Por Meu Timão

8.7 mil visualizações 76 comentários Comunicar erro

Tevez junto com seu pai, Segundo

Tevez junto com seu pai, Segundo

O ex-atacante do Corinthians, Carlitos Tevez, passou pelo momento mais difícil da sua vida. Nessa terça-feira, o pai do jogador foi sequestrado na Argentina. Os sequestradores exigiram um pagamento de U$ 400.000 (aproximadamente R$900.000) para que Segundo Tevez fosse liberado.

Tevez fez o pagamento aos criminosos e felizmente seu pai foi liberado com vida, mas ainda não se sabe se ele teve ferimentos e nem como foi efetuada a transação. Entretanto, o atacante já comemorou a volta do pai. Em mensagem no Twitter, Carlos Tévez agradeceu a todos pelo apoio de sempre e afirmou que seu pai está são e salvo. "Isto é o mais importante".

Segundo a imprensa argentina, o pai de Tévez foi sequestrado na madrugada de terça para quarta, quando dirigia seu automóvel na região de Morón, subúrbio de Buenos Aires. A princípio, os criminosos queriam apenas levar o carro, mas quando observaram o sobrenome Tévez nos documentos decidiram realizar o sequestro.

Hoje atacante da Juventus, o jogador foi liberado pelo clube italiano para lidar com a situação o tempo que precisar.

#ForçaTevez

Veja Mais:

  • Corinthians pode reencontrar Boca Juniors nas oitavas de final da Libertadores-2018

    Sete cascudos e um novato: os possíveis rivais do Corinthians nas oitavas da Libertadores

    ver detalhes
  • Rodriguinho lamenta oportunidade desperdiçada pelo ataque corinthiano

    Corinthians sufoca Millonarios, não é eficaz e perde na estreia de Loss

    ver detalhes
  • Seguro defensivamente e boa opção na frente, Sidcley foi eleito melhor do Corinthians

    Sidcley vai bem e Rodriguinho destoa: veja as notas dos corinthianos em derrota na Arena

    ver detalhes
  • Corinthians perdeu a quarta partida na Arena em 2018

    Corinthians bate recorde negativo de derrotas na Arena numa mesma temporada

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes