Presidente do Cerro Porteño confirma proposta e deve liberar Óscar Romero

Presidente do Cerro Porteño confirma proposta e deve liberar Óscar Romero

Por Larissa Emanuelle

Oscar está perto de ser jogador do Corinthians

Oscar está perto de ser jogador do Corinthians

Após o bom início de Ángel Romero no Timão, a diretoria Corinthiana resolveu também tentar a contratação do irmão do atacante, Óscar Romero, que ainda está no Cerro Porteño. O clube alvinegro já enviou uma proposta oficial e espera uma resposta positiva.

O presidente do clube paraguaio já confirma a negociação e fala sobre um possível acordo, em entrevista coletiva.

"Chegou a proposta por Óscar Romero, já está com a assessoria jurídica, se avançou muito com essa possibilidade e vamos ver se fechamos amanhã (sexta) ou segunda-feira. O jogador já tem a cabeça no Corinthians, é um sonho pra ele".

"Não que seja uma desculpa, mas há possibilidade de ele seguir no Cerro (até o fim de 2014), será melhor para ele saber que já é jogador do Corinthians. Essa é uma questão importante porque já se transferiu seu irmão, que também tinha esse sonho. Hoje ele (Óscar) é um dos melhores jogadores do futebol paraguaio".

O Timão conta com a ajuda de investidores para fechar com o meia, irmão gêmeo de Ángel Romero. À princípio, se contratado, este poderá ficar até o fim do ano emprestado para chegar apenas em 2015.

Veja Mais:

  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi palco de semifinal da Copinha em 2016

    FPF nega semifinal na Arena, libera Paulista em Jundiaí e volta a irritar diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes