Considerado ídolo, zagueiro está processando o Timão, diz jornalista

Considerado ídolo, zagueiro está processando o Timão, diz jornalista

Por Larissa Emanuelle

Chicão estaria cobrando direitos de imagem e de arena

Chicão estaria cobrando direitos de imagem e de arena

Segundo o jornalista Jorge Nicola, o zagueiro Chicão estaria processando o seu ex clube por direitos de imagem e direitos de arena não pagos pelo clube alvinegro. O valor que o mesmo exigirá na Justiça trabalhista é de aproximadamente R$ 2 milhões.

Anderson chegou ao Timão em 2008, ajudando à equipe na Série B, que foi conquistada, além do vice campeonato da Copa do Brasil daquele ano. Com a camisa alvinegra, conquistou Campeonatos Paulistas (2009 e 2013), Copa do Brasil (2009), além do Campeonato Brasileiro (2011), Libertadores (2012), Mundial (2012) e a Recopa (2013).

Considerado ídolo pela torcida Corinthiana, o atleta é o segundo defensor que mais marcou gols com a camisa do Timão (42 gols, sendo 22 de pênalti, 8 de falta e 12 com a bola rolando). Chicão jogou no Corinthians de 2008 a 2013, quando saiu pra jogar no Flamengo. Ao todo, o zagueiro vestiu a camisa do Timão em 244 jogos.

Na publicação, o blogueiro conta que a primeira audiência já tem data marcada, será no dia 12 de novembro, no tribunal de Justiça trabalhista em São Paulo.

Veja Mais:

  • Fábio Carille está com sua renovação bem encaminhada

    Após conversa no CT, Corinthians trata renovação de Carille como questão de tempo

    ver detalhes
  • Torcedores podem ouvir listas de músicas criadas por jogadores do Timão

    Corinthians anuncia parceria com serviço de streaming de música

    ver detalhes
  • Lucca perdeu espaço em 2017, mas vem se destacando no Brasileirão pela Ponte Preta

    Valor estipulado pelo Corinthians esfria interesse francês no atacante Lucca

    ver detalhes
  • Clayson foi escolhido por Carille para, mais uma vez, substituir Jadson

    Corinthians encerra preparação, e Carille mantém escalação sem Jadson para jogo deste sábado

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes