Comentarista acredita que Mano Menezes tem que parar de culpar a arbitragem

Comentarista acredita que Mano Menezes tem que parar de culpar a arbitragem

Por Meu Timão

André Rizek pediu para Mano 'mudar o disco'

André Rizek pediu para Mano 'mudar o disco'

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Não é novidade para ninguém que Mano Menezes não alivia nas reclamações com os árbitros depois dos jogos do Timão. Foi o que aconteceu, nesse domingo, depois da derrota por 2 a 1 para o Grêmio, na arena do time gaúcho.

Dessa vez, Mano Menezes ficou na bronca com Héber Roberto Lopes que não marcou um pênalti, a favor do Corinthians, em um toque de mão de Werley dentro da área.

- Não marcaria esse pênalti. O Mário Marcos, comentarista da transmissão do Premiere, entendeu que houve a intenção. A regra é muito clara de que o juiz tem que entender que houve a intenção. Na transmissão da TV Globo, Leonardo Gaciba disse que não marcaria. É um lance que cinco vão dizer que marcariam e cinco dirão que não marcariam. Eu não marcaria. Acho que não teve intenção nenhuma, não dava nem tempo do zagueiro do Grêmio tirar o braço - afirmou Rizek.

E, para finalizar, Rizek ainda pediu para o treinador "mudar o disco" e falar mais de sua equipe:

- O Corinthians oscila muito, empata um jogo com o Bahia em casa, depois goleia o Goiás, depois perde do Grêmio fora. Mas tem uma coisa que se mantém igual. Entra rodada e sai rodada, o Mano Menezes coloca na arbitragem a justificativa para os resultados. Um lance em que cabem tantas interpretações diferentes, acho que o Mano tem que falar menos de arbitragem e mais do time, como fez o Felipão inclusive, que elogiou o Corinthians, que fez uma boa partida. (...) Na rodada passada, o Mano foi expulso por reclamar de dois gols legais do Goiás. Tem que virar um pouco o disco - concluiu.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes