Atacante morre após ser atingido por uma pedra

Atacante morre após ser atingido por uma pedra

Por Meu Timão

Albert  Ebossé morreu após ser atingido por uma pedra que veio da própria torcida do clube que ele defendia

Albert Ebossé morreu após ser atingido por uma pedra que veio da própria torcida do clube que ele defendia

Infelizmente não é só no Brasil ou na América do Sul que há violência em partidas de futebol e neste final de semana, mais especificamente no último sábado, um triste episódio ficará marcado pra sempre.

Aconteceu na Argélia, durante o jogo entre JS-Kabylia e USM Alger, um "torcedor" revoltado com a derrota do JS-Kabylia por 2x1, atacou uma pedra num dos jogadores da própria equipe pela qual foi ao estádio torcer.

A pedra atingiu a cabeça de Albert Dominique Ebossé Bodjongo Dika, um atacante camaronês de 26 anos que inclusive havia feito o gol de honra do time. O ferimento foi grave, o atleta foi transferido às pressas para um hospital, mas não resistiu.

O talentoso atacante Albert Ebossé tinha sido o artilheiro da última temporada do Campeonato Argelino. Habilidoso, o atleta também tinha passagem pela seleção de Camarões.

Em respeito ao jogador, a Argélia suspendeu todos os jogos restantes do final de semana e avisou que deve considerar novas punições, incluindo a exclusão do JS Kabylie da competição.

Veja Mais:

  • Lista de Carille tem duas vagas abertas; centroavante e ...

    Centroavante e mais um! Corinthians mantém uma vaga na lista de inscritos para o novo presidente

    ver detalhes
  • Emerson Sheik é símbolo de raça para boa parte da torcida do Corinthians

    Dez fotos que provam que Emerson Sheik e Corinthians têm tudo a ver

    ver detalhes
  • Alessandro entrega camisa para Mateus Vital, reforço vindo do Vasco

    Vital é apresentado no Corinthians, vibra com acerto e diz onde prefere aturar

    ver detalhes
  • Tevez recebeu pedido especial após derrota do Boca Juniors

    Em reestreia pelo Boca Juniors, Tevez autografa camisa do Corinthians e ri ao ouvir 'Timão'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes