Atacante morre após ser atingido por uma pedra

Atacante morre após ser atingido por uma pedra

Por Meu Timão

Albert  Ebossé morreu após ser atingido por uma pedra que veio da própria torcida do clube que ele defendia

Albert Ebossé morreu após ser atingido por uma pedra que veio da própria torcida do clube que ele defendia

Infelizmente não é só no Brasil ou na América do Sul que há violência em partidas de futebol e neste final de semana, mais especificamente no último sábado, um triste episódio ficará marcado pra sempre.

Aconteceu na Argélia, durante o jogo entre JS-Kabylia e USM Alger, um "torcedor" revoltado com a derrota do JS-Kabylia por 2x1, atacou uma pedra num dos jogadores da própria equipe pela qual foi ao estádio torcer.

A pedra atingiu a cabeça de Albert Dominique Ebossé Bodjongo Dika, um atacante camaronês de 26 anos que inclusive havia feito o gol de honra do time. O ferimento foi grave, o atleta foi transferido às pressas para um hospital, mas não resistiu.

O talentoso atacante Albert Ebossé tinha sido o artilheiro da última temporada do Campeonato Argelino. Habilidoso, o atleta também tinha passagem pela seleção de Camarões.

Em respeito ao jogador, a Argélia suspendeu todos os jogos restantes do final de semana e avisou que deve considerar novas punições, incluindo a exclusão do JS Kabylie da competição.

Veja Mais:

  • Jô demonstrou desgaste no fim do jogo contra o Fluminense

    Desgaste e chance de lesão podem fazer Corinthians não ter até seis titulares contra o Patriotas

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians volta à Arena na próxima quarta-feira

    Corinthians atualiza parcial de ingressos contra Patriotas e faz desafio à Fiel

    ver detalhes
  • Cavalinho do Corinthians lidera corrida do programa Fantástico

    Cavalinho do Corinthians 'quebra protocolo' e se apaixona por Fernanda Gentil no Fantástico

    ver detalhes
  • Romero em ação contra o Fluminense, no Maracanã

    Romero será reavaliado pelo departamento médico do Corinthians; outros preocupam

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes