Com alterações, o Corinthians já está escalado para pegar o Fluminense

Com alterações, o Corinthians já está escalado para pegar o Fluminense

Por Meu Timão

10 mil visualizações 82 comentários Comunicar erro

Mano perdeu Guerrero para o confronto

Mano perdeu Guerrero para o confronto

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

Nesse domingo o Corinthians enfrenta o Fluminense na Arena Corinthians, às 16h00, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida define quem ficará no G4 no final da tabela, o Timão é o atual quarto colocado enquanto o Fluminense figura na quinta posição da tabela de classificação.

Para a partida, Mano não poderá contar com Guerrero. O atacante foi expulso no jogo contra o Grêmio no último Domingo e agora cumpre suspensão. Com isso, o treinador preferiu o ataque com Romarinho e Romero. Outra mudança veio na lateral, o treinador preferiu Ferrugem no lugar de Fagner.

Sendo assim, o Corinthians entrará em campo com: Cássio, Ferrugem, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Lodeiro, e Jadson; Romarinho e Ángel Romero.

Já o Fluminense deverá começar a partida com: Klever; Bruno, Elivelton, Henrique e Chiquinho; Diguinho, Jean, Cícero e Conca; Rafael Sobis e Fred.

Boa sorte, Corinthians

Veja Mais:

  • Jair passa orientação a Thiaguinho, novo segundo volante titular do Timão

    Jair pode repetir Corinthians para duelo com Atlético-PR; veja única dúvida na escalação

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes