Timão tentou evitar a convocação de Gil e Elias da Seleção Brasileira

Timão tentou evitar a convocação de Gil e Elias da Seleção Brasileira

Por Larissa Emanuelle

Mano Menezes e Mário Gobbi queriam a dispensa de Gil e Elias

Mano Menezes e Mário Gobbi queriam a dispensa de Gil e Elias

Reconhecendo a importância de Gil e Elias no elenco, o Corinthians tentou evitar que os dois jogadores fossem convocados por Dunga, para servir a seleção brasileira nos amistosos contra a Argentina e o Japão.

O clube alvinegro enviou um ofício para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que o zagueiro e volante pudessem permanecer à disposição do técnico Mano Menezes, mas o novo técnico da seleção brasileira acredita que a presença destes atletas é fundamental nos próximos jogos de sua equipe.

Assim como desfalcaram o Corinthians diante do Bragantino e do Criciúma, Gil e Elias estarão ausentes nos jogos contra o Cruzeiro, dia oito, Botafogo, dia 11, e ainda pela partida de volta da Copa do Brasil, contra o Atlético Mineiro, no dia 15 do próximo mês.

O Timão entra em campo nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena Corinthians, para enfrentar a Chapecoense, buscando uma vitória para permanecer no G4. A equipe do técnico Mano Menezes não conseguiu triunfar diante do Flamengo e precisa recuperar os pontos.

Veja Mais:

  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    Kazim tatua taça do Brasileirão com provocação a rivais do Corinthians

    ver detalhes
  • Com bandeirões e muita festa, Fiel incentivou Timão no último treino aberto

    Corinthians abre à torcida último treino antes do jogo da taça

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes