Mano abre discussão sobre artefatos tecnológicos no futebol

Mano abre discussão sobre artefatos tecnológicos no futebol

Por Meu Timão

Jean Pierre voltou atrás em marcação de pênalti após conversa com árbitro de linha

Jean Pierre voltou atrás em marcação de pênalti após conversa com árbitro de linha

Após o empate contra o Coritiba, Mano Menezes reabriu a discussão sobre aparatos tecnológicos e suporte extra-campo à arbitragem. Na partida, o juiz Jean Pierre Gonçalves Lima voltou atrás em pênalti que havia marcado a favor do Corinthians.

O treinador não criticou o uso dos equipamentos, mas alegou que é necessário definir e deixar claro os critérios usados para o suporte. Ainda há pouca discussão sobre o tema e o uso não está devidamente explícito nas regras do esporte.

Para Mano, outro aspecto que deve ser pensado é na diferença do futebol para outros esportes, como o tênis ou o vôlei, onde é possível propor um "desafio" ao árbitro para avaliar o lance no telão. Ao contrário desses lances, o jogo continua no futebol, e a interferência poderia atrapalhar a dinâmica do jogo.

Outra questão levantada foi a interferência da TV em alguns jogos, onde membros da arbitragem assistem ao lance e acabam passando informação ao juiz. Mano acredita que uma vez determinado que fazer, tem que ficar claro "se pode ou não pode" o uso desses recursos, afim de não criar situações polêmicas nas partidas.

Veja Mais:

  • Reforços do Corinthians passam por 'batismo' hilário nos EUA; assista

    Reforços do Corinthians passam por 'batismo' hilário nos EUA; assista

    ver detalhes
  • Carille revelou escalações antes do treino desta terça-feira, véspera da estreia do Timão em 2017

    Carille confirma uma equipe para cada tempo contra o Vasco; veja escalações

    ver detalhes
  • Roberto e membros da diretoria deram explicações sobre momento do clube a torcida

    Torcedores do Corinthians cobram Roberto de Andrade em reunião no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Lucca defenderá a Ponte Preta em 2017

    Corinthians define futuro do atacante Lucca

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes