Mesmo com título, Mano não acredita que seu destino seria continuar no Corinthians

Mesmo com título, Mano não acredita que seu destino seria continuar no Corinthians

Por Meu Timão

1.2 mil visualizações 24 comentários Comunicar erro

Entrevista concedida à Jovem Pan foi polêmica

Entrevista concedida à Jovem Pan foi polêmica

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A entrevista concedida hoje, por Mano Menezes, à Rádio Jovem Pan, foi um polêmica e cheia de revelações do treinador alvinegro.

Sabendo que não será o técnico em 2015, Mano acredita que nem mesmo o título da Copa do Brasil seria capaz de mudar seu destino no Parque São Jorge.

- Não gosto muito de simplificar no futebol. Não acho que um título isolado como o da Copa do Brasil deva mudar o sentimento em algo que é tão importante como a confiança no treinador - opinou.

Além disso, Mano também falou das eleições presidenciais do Corinthians e que, em sua opinião, realizar as eleições no mês de fevereiro, não é uma boa ideia.

- Penso que o clube vive uma situação atípica, o cerne do problema é que uma eleição em um clube não pode ser em fevereiro. Isso, na minha opinião, é um grande erro - concluiu.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes