Se eleito, candidato da oposição pode comprar ou vender Petros e Malcom

Se eleito, candidato da oposição pode comprar ou vender Petros e Malcom

Por Meu Timão

18 mil visualizações 120 comentários Comunicar erro

Malcom e Petros tem futuro ameaçado no Timão

Malcom e Petros tem futuro ameaçado no Timão

Candidato à presidência do Timão, o empresário Paulo Garcia falou sobre seus desafios para um possível mandato. Um deles, é a participação de seu irmão, Fernando Garcia, nos direitos federativos de alguns jogadores, como é o caso de Malcom e Petros.

Em entrevista ao blog "Dois Toques", da ESPN o candidato disse que não aceitaria a situação, em caso de vitória. O presidenciável corinthiano disse que apesar da confiança no irmão, só aceitaria os jogadores no clube caso o Timão comprasse a parte de Fernando nos direitos.

O problema, entretanto, é que o Corinthians vive momento financeiro complicado, e poderia não ter o dinheiro para aquisição definitiva dos jogadores. Nesse caso, a ideia de Paulo Garcia é de vender os craques, como forma de evitar uma situação "imoral" - como ele mesmo classificou.

Fernando Garcia, que é conselheiro no clube, pelo estatuto corinthiano não poderia ter partes nos jogadores. Apesar disso, o estatuto é omisso no que se refere às empresas de conselheiros.

Segundo o conselheiro, no caso de Malcom, inclusive, o acordo partiu do próprio Corinthians - em troca de Ralf. O Timão devia cerca de R$1,5 milhões à Garcia pelos direitos do volante, revelado pelo empresário no Noroeste - time de propriedade de Damião, pai dos irmãos Garcia.

O clube optou, porém, por dar parte dos direitos de Malcom para quitar a dívida, cedendo 40% dos 70% que tinham sobre o jogador. Outro caso é o de Petros - do qual 50% direitos pertencem à Elenko Sports (empresa de Fernando) que teria participações também nos direitos de Guilherme Arana, Uendel e Walter.

Veja Mais:

  • Corinthians e Chapecoense voltam a se enfrentar, desta vez pela Copa do Brasil

    TV Globo transmite para dois estados jogo decisivo entre Corinthians e Chapecoense

    ver detalhes
  • Placas publicitárias da Arena Corinthians renderão ao menos R$ 12 milhões por ano

    Corinthians fecha acordo independente de R$ 12 milhões pelas placas publicitárias da Arena

    ver detalhes
  • O poder da torcida do Corinthians | #75

    VÍDEO: O poder da torcida do Corinthians | #75

    ver detalhes
  • João Celeri assinou contrato com o Corinthians

    Após desistir de Juninho, Corinthians contrata atacante do Botafogo para Sub-20

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes