Comentarista critica árbitro por 'obedecer' Mano Menezes em sua expulsão

Comentarista critica árbitro por 'obedecer' Mano Menezes em sua expulsão

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 46 comentários Comunicar erro

Mano foi expulso do jogo de ontem e foi criticado por André Rizek

Mano foi expulso do jogo de ontem e foi criticado por André Rizek

A vitória do Fluminense contra o Corinthians teve muito mais a ser discutido do que "apenas" os sete gols do jogo. A expulsão do técnico Mano Menezes, aos 23 do segundo tempo, também foi motivo de destaque.

Ao ser excluído, o técnico demorou a sair de campo, exigindo que o juiz para se aproximasse do banco de reservas. Wilton Pereira Sampaio se dirigiu ao treinador para reforçar sua expulsão.

André Rizek criticou a atitude do árbitro e o chamou de 'frouxo' por ter 'obedecido' o treinador:

- Wilton Pereira Sampaio expulsa o Mano, o auxiliar (da comissão técnica do Corinthians) chama para ir expulsar o Mano pertinho. O árbitro foi frouxo nesse momento, porque ele foi (na direção do técnico do Corinthians). O juiz obedeceu o Mano e o auxiliar dele - observou Rizek.

O comentarista também aproveitou para discordar de Mano. izek reconheceu que o árbitro cometeu erros na partida, mas afirmou não ter como colocar a culpa da derrota corintiana no juiz com um resultado por 5 a 2.

- Quando o Corinthians perde, o Mano tem um comportamento muito ruim. Não é a primeira vez. Nunca é culpa do time. Foi 5 a 2. Pode discutir a arbitragem, eu acho que o árbitro cometeu uma série de equívocos, estava nervoso, inseguro. Mas justificar um jogo por 5 a 2 pelos erros do árbitro não dá. E é um filme que a gente viu muito neste Campeonato Brasileiro. O Mano disse até que anteviu a expulsão dele. Pelo amor de Deus, aí não - afirmou o comentarista.

O comentarista ainda ressaltou a dificuldade do Campeonato Brasileiro por ter vários candidatos ao título no seu início, e concluiu que a dificuldade do Corinthians em se classificar para a Taça Libertadores é fruto da competitividade da disputa.

- O futebol não é só defesa ou só ataque. Tem que ter uma boa defesa, um bom meio, um bom ataque. O Fluminense não tem uma má equipe, tem boa, mas pra chegar nessa posição (5º). Título, nunca imaginei. E o Corinthians tem um time armado, precisa só de reposições. Ano que vem estará voando. O Grêmio tem uma boa equipe e precisa de algumas contratações, como outros times. Mas não adianta trazer 50 zagueiros se precisa de atacante, trazer três atacantes se precisa de zagueiro. Essa conversa entre os treinadores e a diretoria não existe? - finalizou.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero reestreia no Brasileiro nesta quarta-feira

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes
  • Marciel não vai permanecer no Corinthians após dispensa da Ponte Preta

    Devolvido pela Ponte Preta, Marciel não fica no Corinthians e deve ser emprestado ao Oeste

    ver detalhes
  • Atleta com mais tempo de clube, Danilo não sabe se fica para 2019

    Corinthians tem quatro jogadores com contrato perto do fim; só um já definiu futuro

    ver detalhes
  • O centroavante Jonathas está entre os recém-chegados no elenco do Corinthians

    Saiba até quando o Corinthians pode inscrever reforços nas competições de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes