Corinthians conversa com Tite sobre reforços pra 2015

Corinthians conversa com Tite sobre reforços pra 2015

Por Meu Timão

Tite deu seu ok para Edilson, Cristian e Leandro

Tite deu seu ok para Edilson, Cristian e Leandro

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

Enquanto o clube negocia a volta do treinador, para 2015, Tite já vem sendo consultado pela diretoria de futebol, a respeito das contratações realizadas pelo time para a próxima temporada, segundo o site Lancenet, que revelou que tanto o lateral Edilson, o volante Cristian e o atacante Leandro foram aprovados pelo técnico, antes de fecharem com com o Timão.

Apesar de Tite ainda não ter assinado um contrato, e apesar do interesse do Internacional, o retorno do treinador ao Corinthians está cada vez mais próximo de ser concretizado. O que falta é chegar num meio termo nas questões salariais, enquanto o treinador fez uma pedida inicial de R$ 700 mil, o Timão ofereceu quase a metade disso (R$400 mil), e desde então o empresário de Tite vem negociando um valor intermediário com o clube.

Se retornar ao Corinthians, Tite pode se aproximar ainda mais de Oswaldo Brandão na lista de treinadores que mais vezes comandaram o Corinthians. Atualmente Tite já é o segundo colocado, com 272 jogos a frente do time, enquanto o líder Brandão, dirigiu o clube 439 vezes, em suas 5 passagens pelo time.

Veja Mais:

  • Thiago Duarte chegou a chorar após a partida por conta do erro

    Árbitro retifica súmula do clássico entre Corinthians e Palmeiras

    ver detalhes
  • Rodriguinho segue no aguardo da renovação de seu contrato

    Reunião não define renovação de Rodriguinho com Corinthians; novo encontro é a esperança

    ver detalhes
  • Tchê Tchê afirmou que teria dado tapa na cara de Gabriel em confusão

    Volante do Palmeiras comemora expulsão de Gabriel: 'Eu já ia ter dado um tapa'

    ver detalhes
  • Kazim aplicou um belo chapéu em Felipe Melo no clássico

    Corinthians divulga vídeo com belos chapéus de Romero e Kazim no Dérbi; confira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes