Leandro pode ser confirmado como reforço ainda nesta semana

Leandro pode ser confirmado como reforço ainda nesta semana

Por Larissa Emanuelle

Leandro Comemora Gol Chapecoense Santos Campeonato Brasileiro 25/10/2014

Leandro Comemora Gol Chapecoense Santos Campeonato Brasileiro 25/10/2014

Após anunciar Tite e acertar com colombiano John Stiven Mendoza, o Corinthians deve ter mais um reforço confirmado para a próxima temporada ainda nesta semana.

Segundo o diário Lance!, uma reunião com investidores, que detém parte dos direitos econômicos do atacante Leandro, da Chapecoense, deve acontecer nesta quinta-feira e um final feliz está próximo de ser confirmado.

A diretoria do Timão e até mesmo o candidato a presidência do clube, Roberto de Andrade, já considera o jogador apalavrado para o próximo ano, além de Edílson e Cristian, e apenas algumas pendências precisam ser decididas para um desfecho final. O empresário do atleta comentou sobre a proposta alvinegra.

"Existe a proposta do Corinthians realmente, e ela nos interessa. A gente vai sentar agora e conversar para tomar uma decisão. Acredito que até o final dessa semana tudo estará resolvido ".

Leandro foi o artilheiro da Chapecoense no Brasileirão, com 10 gols marcados em 23 jogos e chegaria para reforçar o setor ofensivo, que pode perder o garoto Malcom, caso o mesmo decida jogar no exterior.

Veja Mais:

  • Willians tinha contrato por empréstimo até o fim da temporada

    Willians se despede de companheiros e não joga mais pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes
  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes