Diretoria do Fluminense garante Edson nas Laranjeiras em 2015

Diretoria do Fluminense garante Edson nas Laranjeiras em 2015

Por Meu Timão

5.5 mil visualizações 95 comentários Comunicar erro

Fluminense garante não ter planos de liberar jogador

Fluminense garante não ter planos de liberar jogador

O jogador Edson, do Fluminense, era um dos fortes alvos de especulação do "desmanche" que acontece nas Laranjeiras após o anúncio do fim da parceria com a Unimed. O volante, que pertence ao São Bernardo, vinha sendo colocado no Corinthians pelos rumores da imprensa.

Segundo a diretoria do Fluminense, entretanto, a ideia é não abrir mão do jogador. O time carioca tem direito de compra de Edson - que tem contrato de empréstimo até abril - e pretende exerce-lo.

A informação veio da entrevista de Mário Bittencourt à rádio Tupi. O cartola afirmou que não irá liberar o jogador, porém que realizará a compra no momento certo, ou seja, somente ao fim do contrato.

No Timão, a possível vinda de Edson causou alguma polêmica, já que a torcida entende que o time - com as peças atuais e o reforço de Cristian - não precisaria de mais um volante. Atualmente, no Corinthians, disputam as posições titulares Ralf, Elias, Bruno Henrique e agora, Cristian.

Veja Mais:

  • Torcedores fizeram enormes filas no último sábado para garantir ingresso para o treino

    Ingressos do treino aberto do Corinthians são vendidos por até R$ 50; clube divulga nota oficial

    ver detalhes
  • Noite de decisão será de grande público na Arena Corinthians

    Corinthians divulga parcial de 38 mil ingressos vendidos para decisão contra o Flamengo

    ver detalhes
  • Nesta quarta-feira, Corinthians e Flamengo lutam por vaga na final da Copa do Brasil

    Copa do Brasil, treino aberto e decisão no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians de Jair Ventura está em oitavo lugar no Brasileirão

    Corinthians 'volta uma casa' na classificação do Brasileirão, mas diminui distância para o G6

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes