Lodeiro deseja trocar o Timão pelo Boca Juniors, revela empresário

Lodeiro deseja trocar o Timão pelo Boca Juniors, revela empresário

Por Larissa Emanuelle

Lodeiro deseja sair do Timão para atuar no Boca, revela empresario

Lodeiro deseja sair do Timão para atuar no Boca, revela empresario

Contratado este ano quando ainda atuava no Botafogo, o meia Nicolas Lodeiro não foi muito aproveitado pelo técnico Mano Menezes e já pode estar de saída. O jogador tem proposta do Boca Juniors e segundo seu empresário, deseja sair do clube paulista para atuar no futebol argentino.

Em entrevista à Rádio Mitre, da Argentina, o representante do jogador revelou que o meia vê sua ida para o Boca com bons olhos.

"Existe a possibilidade da saída do Lodeiro para o Boca Juniors, vemos isso com bons olhos. O jogador vai fazer de tudo para jogar pelo Boca. Ele tem vontade de jogar lá. Lodeiro ficou muito orgulhoso com a notícia do interesse do Boca."

Mesmo que a vontade do jogador seja de sair do clube alvinegro, o time que tiver o interesse de contratá-lo precisará desembolsar um bom dinheiro, pois o valor de sua multa de rescisão contratual é alto e o próprio empresario reconhece isso.

"Hoje não existe um clube que possa pagar a rescisão de contrato com o Corinthians, que é de 10 milhões de euros".

Caso permaneça no Timão, o jogador terá a oportunidade de trabalhar com Tite, que poderá dar chances em campo ao mesmo.

Veja Mais:

  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes
  • Timão conquistou a vaga sobre o Flamengo na Arena Barueri

    Corinthians bate Flamengo e vai à semifinal da Copinha

    ver detalhes
  • Pedrinho fez golaço de empate do Corinthians

    Golaço faz meia do Corinthians beirar nota máxima da torcida; árbitro quase zera

    ver detalhes
  • Pottker ainda defenderá a Ponte no Paulistão antes de chegar ao Corinthians

    Corinthians acerta contratação de Pottker para depois do Paulistão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes