Pressão da torcida faz Fernando Garcia sair do conselho do Timão

Pressão da torcida faz Fernando Garcia sair do conselho do Timão

Por Larissa Emanuelle

27 mil visualizações 173 comentários Comunicar erro

Fernando Garcia possui parte dos direitos econômicos de Malcom, revelação da base alvinegra

Fernando Garcia possui parte dos direitos econômicos de Malcom, revelação da base alvinegra

Irmão do candidato da oposição à presidência do Timão, Fernando Garcia deixará o conselho do Corinthians no início de 2015. Pressionado pela Fiel Torcida, o empresário deve formalizar sua saída na primeira semana de janeiro.

Como informa o blog Bastidores FC, Fernando Garcia já realizou vários empréstimos ao Coringão, ganhando em troca os direitos econômicos de alguns atletas, como do atacante Malcom, por exemplo.

Em público, o empresário afirma que se afastará do conselho do Corinthians para não prejudicar a campanha de seu irmão, Paulo Garcia, que concorre à presidência do Corinthians. O próprio candidato, inclusive, afirmou que caso seja eleito novo presidente do Timão, não faria negócio com Fernando, seu próprio irmão, por "questões éticas".

Segundo o levantamento do blog de Martín Fernandez, é estimulado que Fernando Garcia tenha emprestado ao Corinthians algo em torno de R$ 16 milhões quando esteve presente no Conselho Deliberativo do clube.

Veja Mais:

  • Manoel foi anunciado pelo Corinthians na tarde desta quarta-feira

    Corinthians anuncia contratação de Manoel até o final da temporada

    ver detalhes
  • Frente da camisa corinthiana estava vaga desde primeiro semestre de 2017

    Corinthians fecha patrocínio máster e prepara anúncio nesta quinta-feira, diz colunista

    ver detalhes
  • Conhecemos o bar mais corinthiano de São Paulo | #111

    VÍDEO: Conhecemos o bar mais corinthiano de São Paulo | #111

    ver detalhes
  • Com dores no tornozelo, Sornoza foi retirado do treino desta quarta; Timão estreia domingo

    Sornoza sente e vira dúvida no Corinthians para estreia no Paulista; Romero participa de coletivo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes