Corinthians é condenado na justiça e tem que pagar R$2,8 milhões a agentes de Ralf

Corinthians é condenado na justiça e tem que pagar R$2,8 milhões a agentes de Ralf

Por Meu Timão

12 mil visualizações 221 comentários Comunicar erro

Corinthians tem 15 dias para pagar GP Sports

Corinthians tem 15 dias para pagar GP Sports

Getty Images

Em vésperas de eleições e disputas políticas no Parque São Jorge, o Corinthians continua pagando o alto preço da confusão na gestão esportiva brasileira. Com imbróglio de direitos econômicos de jogadores, o clube foi condenado a pagar mais uma dívida.

Em ação movida pela GP Sports, empresa do agente de Ralf e que detém parte dos direitos do volante, o clube foi intimado pagar quase R$2,8 milhões de reais dentro de até 15 dias para os autores da ação.

Um dos advogados que assina o processo é também o empresário do jogador - Allison Garcia Costa. Uma das coisas mais obscuras do caso, porém, é a ligação de Allison com Fernando Garcia, conselheiro do Corinthians também ligado aos direitos econômicos de Ralf.

Allison é apontado como um possível "laranja" de Fernando, porém, ambos assinam por empresas diferentes - no contrato de Ralf, Fernando Garcia representa a LFA enquanto Allison representa a GP Sports.

No ano passado, em entrevista à jornalista Camilla Matoso do portal ESPN, Fernando Garcia chegou a afirmar inclusive que foi prejudicado pela GP Sports e por seus sócios, Alisson Garcia Costa e André Vieira Costa. Na ocasião, quando Ralf chegou ao Corinthians, parte dos direitos de Fernando Garcia teriam sido deduzidos e a disputa foi resolvida na justiça.

Além disso, os valores devidos à Fernando Garcia por Ralf, teriam sido pagos através da cessão de parte de direitos dos jogadores da base Malcom (45% dos direitos), Guilherme Arana (36% dos direitos) e Matheus Pereira (26% dos direitos).

Os autos do processo seguem fechados, mas tudo leva a crer que valores que o Corinthians deverá pagar são relativos a cessão de direitos econômicos definitivos do jogador. O acordo foi supostamente assinado quando o Corinthians cobriu a oferta da Fiorentina para manter Ralf no elenco.

Confira abaixo as informações do processo, conforme disponibilizadas na Vara Cível de São Paulo:

Autos do processo de condenação do Corinthians

Veja Mais:

  • BMG já injetou R$ 30 milhões no Timão; banco também possui ligação com Atlético-MG

    Corinthians e BMG podem costurar acordo por Luan, indica Carille

    ver detalhes
  • Carille foi convidado desta segunda-feira do programa Bem, Amigos!

    Carille detalha conselho de Ronaldo Fenômeno para voltar a treinar o Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians está conversando para tentar trazer Romarinho de volta

    Corinthians entra em contato com Al-Ittihad para contratar Romarinho; jogador se pronuncia na Arábia

    ver detalhes
  • Romero segue treinando a parte e não será relacionado aos jogos do Corinthians enquanto não resolver sua situação contratual

    Carille comenta situação de Romero e explica mudanças pelos lados do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes