Fiel dá show, mas Corinthians perde na estreia da Flórida Cup

Fiel dá show, mas Corinthians perde na estreia da Flórida Cup

Por Meu Timão

Corinthians estreou com derrota na Flórida Cup contra o FC Köln

Corinthians estreou com derrota na Flórida Cup contra o FC Köln

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians entrou em campo para o primeiro jogo da temporada 2015, no retorno de Tite ao clube, após um ano longe do Timão. O jogo, válido pela Florida Cup, foi contra o FC Köln, time da primeira divisão da Bundesliga, o campeonato alemão.

A torcida compareceu em peso no Hess Field, campo de futebol que integra o complexo ESPN World Wide Sports, dentro da Disney. Com cerca de 3500 lugares, a torcida do Timão comprou a maior parte dos ingressos, e representou na Flórida.

Por opção do departamento de futebol, o Timão usou dois times: os titulares atuariam no primeiro tempo enquanto os reservas iriam ficar com o segundo tempo da partida. A ideia foi poupar a equipe e evitar lesões e riscos desnecessários para os atletas.

O time que entrou em campo na primeira etapa da partida tinha Cássio, Fagner, Gil, Felipe, Fábio Santos, Ralf e Elias; Lodeiro, Renato Augusto, Sheik e Guerrero. Os jogadores seriam substituídos na etapa final, e por isso, tinham que entrar em campo para mostrar seu valor ao técnico Tite.

Primeiro tempo fora de ritmo

Embora tenha começado bem os primeiros minutos, a diferença de ritmo das equipes ficou evidente. Enquanto o Timão está no início de temporada, o Colônia está já embalado no meio da temporada europeia. O time titular não impressionou em campo, apesar de ter feito bons treinamentos durante a semana.

Nos treinamentos, uma das grandes mudanças táticas implementadas por Tite no Corinthians foi o sistema de triangulações no ataque. Em campo, o time seguiu fielmente as instruções, mas o modelo ainda não tem funcionado como o treinador espera. Com os jogadores sem ritmo de jogo, as jogadas mais atrasavam o time do que criavam oportunidades no ataque.

Aos 12 minutos, o Corinthians acabou bobeando e deixando Pezko sozinho, para marcar o gol dos alemães. Depois disso, o time teve dificuldade para criar e só teve uma boa chance aos 45 minutos do time titular, num contra-ataque em que Elias viu a opção de chute, bateu rasteiro no canto, mas o goleiro Kessler espalmou pra escanteio.

Segundo tempo dos reservas

Para segunda etapa, o Corinthians substituiu todo o time, com exceção do goleiro Cássio. A decisão se mostrou acertada, já que o goleiro fez uma defesa dificílima na segunda etapa, e impediu que o Colônia aumentasse o placar.

O time reserva de Tite veio com Yago e Pedro Henrique na zaga, Edílson e Uendel nas laterais, Bruno Henrique e Petros como volantes. O meio campo tinha Danilo e Jadson, e o ataque contou com Luciano e Stiven Mendoza - que apesar de trazer a camisa grafada errada, com um N a mais, é Mendozz mesmo.

Os jogadores mostraram muito vontade e surpreenderam, chegando a fazer uma atuação mais interessante que os titulares na estreia. Com mais velocidade, o time ganhou poder de criação, e levou mais perigo ao gol do Colônia - que manteve os titulares em campo. Apesar disso, o Timão não conseguiu marcar.

O próximo jogo do Timão será no sábado, às 16h, contra o Bayer Leverkussen. A partida é a última da Flórida Cup, e somente a vitória poderia garantir o título ao Corinthians, já que o Bayer conseguiu os 3 pontos sobre o Fluminense.

Veja Mais:

  • Rodriguinho enfrenta o Patriotas na Colômbia; fora Gabriel, Carille promove quatro novidades

    Em treino na Colômbia, Carille define escalação do Corinthians para jogo da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Cássio ergue taça de campeão paulista 2017; jogador está perto de atingir 300 jogos

    Perto dos 300 jogos, Cássio elege Corinthians de 2017 o melhor grupo do qual fez parte

    ver detalhes
  • Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    Da arquibancada para o campo: estádio de adversário do Corinthians não tem alambrado; veja vídeo

    ver detalhes
  • Romarinho foi protagonista da final da Libertadores há cinco anos

    Viraliza na web versão de gol do Romarinho narrado por Galvão Bueno; assista

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes