Após Edu Dracena, e um novo presidente, o Corinthians deve continuar contratando

Após Edu Dracena, e um novo presidente, o Corinthians deve continuar contratando

Por Meu Timão

15 mil visualizações 103 comentários Comunicar erro

Tite já procurava um zagueiro antes da saída de Anderson Marins

Tite já procurava um zagueiro antes da saída de Anderson Marins

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Perto de fechar a contratação de Edu Dracena, o Timão deverá fechar o elenco que estreará na Libertadores em 2015, contra o Once Caldas, no dia 4 de fevereiro, mas não deve fechar o elenco de contratações no primeiro semestre.

O Corinthians já procurava por um novo zagueiro antes mesmo da saída de Anderson Martins, e com a ausência permanente do atleta, que retornará ao futebol do Qatar só agravou a situação, fazendo Tite subir, as pressas, um atleta da base que jogava a Copa São Paulo de Futebol Junior: Pedro Henrique, ao lado do pouco conhecido Yago.

Tite admitia que precisava reforçar o setor, até mesmo em quantidade, e já havia passado a diretoria. O problema é que a postura recente de Mario Gobbi é de vetar qualquer contratação até o final do seu mandato, que acontece no dia 7 de fevereiro. Edu Dracena será a exceção após quatro negativas (Leandro, Dudu, Danilo e Jonas).

Se passarmos pelo Once Caldas, o Timão terá que ter pressa pra reforçar o time. A fase de grupos da Libertadores da América 2015 começa na semana seguinte, em 18 de fevereiro, que pode marcar um Corinthians x São Paulo, na Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Jair passa orientação a Thiaguinho, novo segundo volante titular do Timão

    Jair pode repetir Corinthians para duelo com Atlético-PR; veja única dúvida na escalação

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes