Torcida do Corinthians esgota três setores da Arena para estreia na Libertadores

Torcida do Corinthians esgota três setores da Arena para estreia na Libertadores

Por Meu Timão

5.9 mil visualizações 62 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians deve ter grande público no primeiro jogo da Libertadores

Arena Corinthians deve ter grande público no primeiro jogo da Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Coringão começou a vender, nesta terça-feira, os ingressos para a estreia da equipe na taça Libertadores da América, contra o Once Caldas, no dia 4 de fevereiro. Para os três setores mais baratos do estádio, a comercialização pela internet durou poucos minutos: sócios do Fiel Torcedor esgotaram bilhetes para os setores Norte, Sul e Leste Inferior. As informações são do GloboEsporte.

A venda online irá acontecer até às 23h 59 minutos do próximo domingo, dia 1º de fevereiro. No posto de atendimento destinado aos sócios-torcedores, no Parque São Jorge, somente até as 17h do mesmo dia. Ainda há bilhetes para os setores Oeste e Leste Superior.

Os alvinegros que já compraram ingressos devem ter os pagamentos confirmados em até 24h, caso contrário os bilhetes voltam a ficar disponíveis no sistema.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes