Anderson Silva vence Nick Dias e se emociona no octógono

Anderson Silva vence Nick Dias e se emociona no octógono

Por Meu Timão

Anderson Silva é atleta do Corinthians

Anderson Silva é atleta do Corinthians

[[BANNER]]

Anderson Silva está de volta. Após mais de um ano de recuperação, o lutador de MMA voltou a lutar no octógono, fazendo a luta principal do UFC 183, contra o americano Nick Dias, em Las Vegas.

Após cinco rounds, o Brasileiro venceu a disputa por pontos por 50 a 45 e chorou de emoção após lembrar de tudo o que sofreu para se recuperar.

A próxima luta de Anderson Silva ainda não está marcada, mas se tratando de Spider, o UFC deverá colocar o ex-campeão para disputar o cinturão dos pesos médios em breve.

Primeiro round

Assim como Anderson Silva, Nick Dias também sempre foi um atleta provocador. E mesmo contra o brasileiro que mais vezes defendeu o cinturão dos pesos médios, o americano Nick Dias fez suas palhaçadas, chegou a deitar no chão e fazer pose. Ainda assim, o corinthiano levou a luta a sério, deu golpes mais contundentes, principalmente nos diretos de direitas, vencendo o primeiro round.

Segundo round

Mais confiante, Anderson Silva começou a usar chutes, inclusive da perna que teve a fratura. Acertou bons golpes no americano, ganhou confiança, baixou a guarda e foi pra cima do Nick Dias. Nos segundos finais, Anderson já lutava com as mãos pra baixo, enquanto a torcida gritava "Uh, vai morrer".

Terceiro round

Enquanto uma fã maluca gritava histericamente "Come onnn, Silvaaa", o brasileiro começou a castigar o americano, ando socos e mais socos certeiros no rosto de Nick Dias. No meio do round, o supercílio direito do adversário do Spider já sangrava bastante e suas costelas de todas marcadas por contas dos chutes de Anderson Silva.

Quarto round

Administrando a vantagem de pontos, Anderson controlou a distância através de chutes baixos. O round mais parado, com poucas emoções chegou até a ter vaias da torcida.

Quinto round

No quinto e último round, Nick Dias tentava quebrar a concentração de Anderson Silva com provocações. O brasileiro, no entanto, se manteve sério, deu golpes o suficiente para ganhar o round e terminou a luta sem sofrer muito perigo.

A emoção

Após o término da luta e ser anunciado como vencedor, Anderson Silva deitou no octógono e foi as lágrimas, depois foi cumprimentado pelo ex-campeão Minotauro e mais uma vez se emocionou

Veja Mais:

  • Recuperado de lesão, Balbuena volta a compor zaga com Pablo; dupla terá de parar melhor ataque do Paulista

    Defesa x ataque: Corinthians e São Paulo buscam vitória e equilíbrio em clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Auricchio (à dir.) passou a integrar diretoria da base do Corinthians

    Corinthians nomeia ex-diretor de futebol para cargo na base

    ver detalhes
  • Após 1 a 1 na Arena, Timão volta a campo contra São Paulo na tarde deste domingo

    Rival tropeça, e Corinthians pode diminuir distância para primeira colocação geral

    ver detalhes
  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes