Guerrero reencontra rival predileto em estádio inédito

Guerrero reencontra rival predileto em estádio inédito

Por Meu Timão

Guerrero nunca perdeu para o rival Palmeiras

Guerrero nunca perdeu para o rival Palmeiras

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

Além de toda a rivalidade que cerca um Dérbi, o Corinthians tem um motivo a mais para considerar o duelo desta tarde importantíssimo: manter a invencibilidade de sete anos em jogos realizados na capital.

A última derrota do alvinegro para o Palmeiras aconteceu no dia 2 de março de 2008, por 1 a 0, em um jogo realizado no Morumbi. O gol do rival foi marcado pelo chileno Valdivia.

De lá para cá, todos os clássicos entre Corinthians e Palmeiras disputados na capital paulista terminaram sem tristeza para os torcedores alvinegros. Foram 13 jogos com sete vitórias e seis empates. Coincidência ou não, todos disputados no mesmo estádio: Pacaembu. O levantamento foi feito pelo portal Lancenet.

Além disso, se o Corinthians luta para manter esse tabu, Guerrero tem um motivo especial para querer essa vitória: manter o tabu de nunca ter sido derrotado pelo rival. Em três partidas, uma vitória e dois empates.

O último confronto, aliás, pode ter sido o melhor momento. Foi uma vitória no primeiro clássico do novo estádio do Timão e com direito a gol, que abriu o caminho para aquele triunfo no Brasileirão de 2014. Que venha outra vitória!

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes