Fábio Santos brinca e fala: Tive que fazer um para cada filho!

Fábio Santos brinca e fala: Tive que fazer um para cada filho!

Por Meu Timão

1.1 mil visualizações 17 comentários Comunicar erro

Fábio Santos falou sobre o jogo de hoje

Fábio Santos falou sobre o jogo de hoje

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O lateral esquerdo Fábio Santos, estrela da noite, falou sobre as dificuldades em bater dois pênaltis no mesmo jogo e da "cobrança" que sofre em casa dos filhos

- Consegui fazer um gol para cada filho, para ninguém ficar chateado, já que eles sempre me cobram bastante (risos), mas falando sério agora a maior dificuldade é entender o que o goleiro pensa. No segundo pênalti, por exemplo, eu queria bater no meio, mas ele esperou até o último minuto e tive que acabar deslocando ele para o lado - explicou.

O jogador também aproveitou a oportunidade para falar do clássico de quarta-feira contra o São Paulo, pela Libertadores.

- Espero poder fazer quarta-feira, se tiver a oportunidade. Acho que vamos ganhar o jogo sem pênalti e espero que possamos fazer um grande jogo, Me sinto ansioso pela magnitude do jogo de quarta e agora é se concentrar e trabalhar muito durante esse período que resta - finalizou.

Veja Mais:

  • Avelar tende a receber nova chance como titular do Corinthians na capital paranaense

    Carlos joga 45 minutos pela Seleção Sub-20, e Corinthians deve ter Avelar contra Atlético-PR

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes