'É impossível', diz Andrés Sanchez sobre pedida de Guerrero

'É impossível', diz Andrés Sanchez sobre pedida de Guerrero

Por Meu Timão

Guerrero e Corinthians ainda não entraram em acordo sobre renovação de contrato

Guerrero e Corinthians ainda não entraram em acordo sobre renovação de contrato

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A novela entre Guerrero e o Corinthians ainda parece estar longe de se encerrar. Nessa segunda-feira, o superintendente de futebol do Timão, Andrés Sanchez, declarou que vê a renovação do contrato do jogador, com a atual pedida, como impossível.

"É impossível (pagar os valores pedidos por Guerrero). O nível atual de salário no futebol não dá para manter", declarou o dirigente, em entrevista ao programa Bate-Bola, da ESPN Brasil.

O atacante peruano pediu US$ 7 milhões, cerca de R$ 22 milhões, de luvas para renovar o contrato com o Corinthians no final do ano passado. Nas últimas conversas com o clube sobre o assunto, esse era o único empecilho. A renovação por mais três anos e um aumento de R$ 480 mil para R$ 500 mil mensais já estariam definidos.

Para o superintendente até isso é inviavél. Por causa das finanças do clube, alguns atletas estão reduzindo os salários recebidos para renovarem os contratos.

"As renovações não têm tido aumento de salário, às vezes têm até diminuição. E os jogadores que são contratados sabem que vão receber menos que antes. Por inúmeros fatores, o Corinthians não pode pagar o que pagava nos anos anteriores", declarou.

Na última semana, segundo informações de outros portais, os agentes do peruano se reuniram com a Internazionale de Milão e com a Sampdoria, ambas do futebol italiano.

Veja Mais:

  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes
  • Atlético-PR e Coritiba preferiram não realizar a partida e enfrentaram o modelo tradicional do futebol

    Unidos, rivais peitam a Globo e acabam barrados pela Federação Paranaense

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade pode ser afastado nesta segunda-feira

    Linha do tempo e opiniões de conselheiros: tudo sobre o tema impeachment no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians terminou a quarta rodada como líder do Grupo A

    Líder do Grupo A, Corinthians termina rodada um ponto atrás do líder geral

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes