'Mais do que cuidado, há respeito pelo Danubio', diz Tite sobre o rival

'Mais do que cuidado, há respeito pelo Danubio', diz Tite sobre o rival

Por Meu Timão

Tite, em treino no estádio Luis Franzini

Tite, em treino no estádio Luis Franzini

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mesmo para enfrentar o Danubio, que ainda não conquistou nenhum ponto pela Libertadores, o técnico Tite previu dificuldades e mostrou respeito ao adversário. Se vencer esse confronto, o Corinthians dará um grande passo em direção às oitavas de final.

"É Libertadores da América. Libertadores da América! Não tem pedrinha, só pedreira. A atmosfera fica diferente, muito próxima. No treino tático, eu ouvia os jornalistas. Tem um fator diferente, sim", disse Tite em entrevista à GazetaEsportiva.net.

Lembrando que o Danubio vencia o San Lorenzo, atual campeão da Libertadores, até o final de sua estreia, o treinador ressaltou as variações táticas da equipe adversária.

Entretanto, o que pôde ser observado no treino de reconhecimento do estádio Luis Franzini, nesta segunda-feira, foi a falta de estrutura do local. O técnico apontou problemas na iluminação, mas mesmo assim viu alguma qualidade no gramado, e pediu para que os jogadores se adaptassem com a situação.

Com todo esse respeito, Tite considera um empate um bom resultdado no Uruguai. Se o Timão chegar aos sete pontos, independente do resultado entre São Paulo e San Lorenzo na quarta-feira, continuaria líder do grupo 2.

Veja Mais:

  • Gilberto estava no São Paulo e agora negocia com o Corinthians

    Gilberto explica recusa ao Corinthians no passado e pede chance à Fiel: 'Quero ser mais um louco'

    ver detalhes
  • Emerson Sheik é esperado no CT do Corinthians na parte da tarde

    Zagueiro vai ao CT do Corinthians; Sheik e Matheus Vital são esperados no período da tarde

    ver detalhes
  • Timãozinho encara o Avaí em busca da classificação às quartas da Copinha

    Confira como assistir ao vivo à partida decisiva do Corinthians na Copinha

    ver detalhes
  • Henrique Dourado ainda pode reforçar Corinthians em 2018

    'Caso Gilberto' e atrito político: por que Corinthians ainda pode contratar Henrique Dourado

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes