Equipes brasileiras mostram descontentamento com Conmebol

Equipes brasileiras mostram descontentamento com Conmebol

Por Meu Timão

6.7 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Prêmio da Libertadores causa descontentamento em clubes brasileiros

Prêmio da Libertadores causa descontentamento em clubes brasileiros

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A Libertadores é a competição mais desejada pelos clubes brasileiros, mas justamente a premiação não é um dos seus maiores atrativos. Neste ano, a Conmebol congelou as premiações em relação à 2014. Assim, o campeão poderá ganhar, no máximo, US$ 5,1 milhões (aproximadamente R$ 15,81 milhões), ou US$ 5,3 milhões se o time tiver disputado a pré-Libertadres. Com a visível insatisfação, os cartolas brasileiros devem pressionar a Confederação Sul-Americana para que no próximo ano os prêmios aumentem.

Em comparação à outras competições, como a Liga dos Campeões, os prêmios da Libertadores estão muito abaixo da média. O correspondente europeu da competição sul-americana premia uma equipe que participou da fase de grupos, mesmo que ela tenha sido eliminada, com um valor equivalente a R$ 28,38 milhões, quase o dobro do que ganha o campeão aqui. É até difícil de acreditar, mas a premiação para o vencedor da Liga dos Campeões gira em torno de R$ 123,42 milhões.

Mesmo considerando as diferenças entre o mercado europeu e o sul-americano, o objetivo é agir em conjunto para que o valor seja reajustado de forma mais correta, com um acréscimo considerável para a próxima temporada.

Em jogos como mandante na Libertadores, o Corinthians já arrecadou R$ 5.964.982 em bilheteria. Isso equivale a pouco menos da metade do prêmio oferecido pela Conmebol. Esse dado é uma prova de que é necessário um reajuste.

"Obviamente que não é satisfatório. Até pela importância da competição, é a maior do continente. É irrisório. Sinceramente não sei se há um movimento oficial para mudar isso, mas sei que há algo em aberto. Nossa nova diretoria discutirá todas essas questões, sem dúvida. Com certeza vamos botar isso em pauta", declarou Edu Gaspar, dirigente do Corinthians, em entrevista concedida ao GloboEsporte.com.

Compare as premiações para os vencedores de alguns campeonatos (2014/2015):

- Liga dos Campeões: R$ 123,42 milhões
- Liga Europa: R$ 32,67 milhões
- Libertadores: R$ 15,81 milhões
- Campeonato Brasileiro: R$ 9 milhões
- Copa Sul-Americana: R$ 6,92 milhões
- Copa do Brasil: R$ 6,19 milhões

Veja Mais:

  • Clayson, Luan, Sornoza, Marciel e Matheus Matias: confira o vaivém no Corinthians neste fim de 2018

    Corinthians no mercado da bola: saiba quem chega, quem sai e quem negocia com o Timão para 2019

    ver detalhes
  • Boa parte da grana deixada pelo torcedor na Arena Corinthians não vai para o Fundo

    Despesas levam R$ 15,5 mi da bilheteria do Corinthians em 2018; veja levantamento do Meu Timão

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deposita altas doses de esperança no retorno de Carille

    Torcida do Corinthians coloca retorno do Carille no topo dos assuntos mais comentados do Brasil

    ver detalhes
  • Uendel, um dos alvos do Corinthians, tem 30 anos; 11 a mais que o atual titular Carlos Augusto

    Corinthians aumenta 'filtro de idade' em buscas indicadas por Carille no mercado da bola

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes