'Temos que saber trabalhar nessa condição', diz Fábio Mahseredjian sobre sequência de jogos

870 visualizações 18 comentários

Por Meu Timão

Fábio Mahseredjian em entrevista coletiva nesta quinta-feira

Fábio Mahseredjian em entrevista coletiva nesta quinta-feira

Meu Timão

Em coletiva de imprensa no CT Dr. Joaquim Grava, o preparador físico do Corinthians, Fábio Mahseredjian, falou sobre o papel da preparação e a importância do diagnóstico correto de cada jogador para evitar lesões nessa sequência de jogos que o Timão enfrentará a partir de domingo.

"O objetivo nessa sequência de jogos é fazer o diagnóstico do atleta e tentar intervir na recuperação desse atleta, ou seja, fazer com que ele se recupere o mais rápido possível. São 72h para o atleta estar 100% recuperado, nós não vamos ter isso, nós temos um grupo de 28 atletas inscritos no Paulista pra serem utizilados. Nós vamos mostrar quem não está recupedado para o Tite", disse Mahseredjian.

Com a limitação de atletas inscritos no Campeonato Paulista, o time encontra dificuldades para poupar jogadores até mesmo com o rodízio já utilizado pelo técnico Tite.

"Limita bastante, nós conversamos com a direção, que conversou com a FPF. Os clubes grandes que estão em mais de uma competição, fica complicado, o importante seria ter 30 atletas de linha, mas essa é a condição atual e nós temos que saber trabalhar nessa condição. Jogamos domingo, vamos tentar diagnosticar quem está recuperado, terça-feira jogamos, mesma avaliação pra saber quem joga na quinta. De quinta pra domingo não tem tanta dificuldade assim", afirmou.

Mostrando-se otimista, o preparador físico relembrou as melhorias já alcançadas desde 2003, quando o planejamento de cada campeonato começou a ser passado logo no início da temporada, facilitando a preparação de cada clube.

"Não desanima, porque eu tenho um olhar mais otimista, a melhora da pré-temporada eu já achei de grande valia. Até anos atrás você tinha 15 dias de férias, hoje você tem um mês. Esse é um caso pontual que a gente vai ter que tentar resolver pro ano que vem. Isso só está acontecendo com o Coritnhians, porque disputou a pré-Libertadores", constatou.

Reconhecendo a condição atual do time, ressaltou que para estar 100% recuperado, o atleta deveria ter, no mínimo, 72h entre uma partida e outra. Entretanto, o cenário não é esse e, por isso, o trabalho será focado em tentar minimizar os efeitos de um jogo ao outro.

"Esse é o cenário que nós temos e vamos trabalhar pra tentar ganhar essa sequência de jogos, sem perder jogador por lesão", finalizou.

Veja Mais:

  • Fábio Carille e Jô trabalharam juntos no Corinthians, conquistando Estadual e Brasileirão na temporada 2017

    Carille tem interesse na contratação de Jô; calendário pode jogar a favor do Corinthians

    ver detalhes
  • Sainz esteve na Arena Corinthians em 2016

    Novo piloto da Ferrari gosta do Corinthians e prefere Ronaldo Fenômeno a ídolo do seu clube espanhol

    ver detalhes
  • Grupo com maioria de palmeirenses compareceu a ato contra corinthianos na Avenida Paulista

    Grupo responde manifestação pró-democracia de corinthianos em tom de ameaça

    ver detalhes
  • Corinthians corre risco de cruzeirar e também ter pontuação negativa no brasileirão?

    VÍDEO: Corinthians corre risco de cruzeirar e também ter pontuação negativa no brasileirão?

    ver detalhes
  • Carlão vestiu as cores do Corinthians entre 2005 e 2008

    Título, queda e reestruturação: Carlão relembra trajetória de extremos no Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner é o maior assistente do Corinthians no ano

    Em bom início, Fagner já supera número de assistências de duas temporadas passadas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: