Após gol, Vagner Love mostra dedicação: 'agora é só continuar trabalhando'

Após gol, Vagner Love mostra dedicação: 'agora é só continuar trabalhando'

Por Meu Timão

Vagner Love enaltece trabalho da equipe corinthiana

Vagner Love enaltece trabalho da equipe corinthiana

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Terminando a maratona de jogos no Campeonato Paulista, o Corinthians venceu o Bragantino por 1 a 0, com gol de Vagner Love. O atacante, junto ao elenco, se reapresentou nesta manhã para treino no CT Dr. Joaquim Grava. Entretando, após o treino, Vagner Love foi um dos convidados especiais a comparecer na 4ª Festa de Páscoa do Timão, que contou com a organização do projeto Time do Povo e recebeu cerca de 300 crianças no Parque São Jorge.

Sem tirar o foco do futebol da equipe, quando perguntado sobre a situação do companheiro de ataque, Guerrero, que ainda não teve seu contrato renovado, Vagner Love reconheceu a importância do peruano no time.

"O Guerrero tem o seu espaço, ele é um cara do time, é um cara que briga muito pelo Corinthians. Torcemos muito para que ele fique, porque quanto mais nosso grupo estiver forte, mais chances nós temos de ser campeões. Então, se ele ficar, todos nós ficaremos muito felizes. Espero que ele fique e possa ajudar a gente cada vez mais.Quanto antes ele resolver a situação dele com o Corinthians, será bom para todo mundo", afirmou Love.

Sobre o técnico Tite, mostrou enorme respeito e admiração, ressaltando que quando o elenco faz o que ele pede, tudo flui de maneira correta, colaborando até para a continuidade da invencibilidade alvinegra.

"Sempre gostei muito das entrevistas dele, do jeito que ele se expressa. Hoje, trabalhando com ele, fico mais fã a cada dia que passa, pela pessoa e pelo treinador que ele é. Ele sempre passa coisas maravilhosas pra gente. Vemos que é um trabalho que temos que confiar e temos que fazer o que ele pede. Então, se a gente continuar fazendo isso, espero que essa invencibilidade continue por um longo tempo. Mas sabemos que um dia a gente pode vir a perder. Ninguém é invencível, mas enquanto a gente puder desempenhar nosso trabalho com força, sabemos que temos chances de ganhar muitos jogos ainda", completou.

Em tom descontraído, brincou ao lembrar do gol feito somente na décima partida com a camisa do Timão. Para afastar a "zica", foi questionado até se chegou a apelar para a religião.

"Não, na Igreja eu não fui. Mas minha esposa foi, minha irmã também está sempre na Igreja fazendo as orações, amigos também mandaram uma corrente muito positiva (risos). Acho que isso fez com que essa 'zica' se afastasse e fosse pra bem longe de mim, e graças a Deus o gol saiu", brincou.

O peso de não marcar, para um atacante, é enorme. Mas após desencantar, Love afirmou ficar mais tranquilo.

"A ansiedade passa, aquele peso que se tem nas costas também. A gente que é atacante vive de gols, então acho que foi bom ter feito o gol e agora as coisas vão acontecer com mais naturalidade. Agora é só continuar trabalhando e me dedicando", finalizou.

Veja Mais:

  • Universidade Brasil firmou acordo com Corinthians para primeiro jogo da final estadual

    Corinthians anuncia patrocínio pontual para final do Paulistão; veja como fica a camiseta

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não volta ao Corinthians em 2017

    Corinthians empresta Alan Mineiro para quarto clube diferente em menos de um ano

    ver detalhes
  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes