Corinthians se preocupa com torcida visitante no clássico

Corinthians se preocupa com torcida visitante no clássico

Por Meu Timão

Setor visitante teve cadeiras quebradas em outros dois clássicos

Setor visitante teve cadeiras quebradas em outros dois clássicos

Foto: Globo Esporte

A Arena Corinthians se prepara para receber mais um clássico. Nesse domingo, o Santos irá visitar o Timão na tentativa de quebrar a invencibilidade da equipe de Tite na temporada. Entretanto, esse não é o único problema que preocupa a diretoria alvinegra. Os responsáveis pelo clube e pelo estádio estão preocupados com possíveis atos de violência no setor visitante.

A "dor de cabeça" tem sentido. Em duas ocasiões, o corinthiano viu o setor visitante da Arena ser alvo de vândalos. Em 2014, contra o Palmeiras, no Brasileirão, os torcedores riviais quebraram 258 cadeiras e um secador de mão do banheiro. Nesse ano, na Libertadores, pelo menos 40 cadeiras foram danificadas pela torcida do São Paulo.

Contra o Palmeiras, o prejuízo foi divulgado em cerca de R$ 45 mil. Por um bom relacionamento, as equipes concordaram que o Corinthians bancaria a conta e, se caso, acontecesse o mesmo em um jogo do Timão no Allianz Parque, a mesma medida seria tomada.

Apesar da preocupação, o superintendente de futebol e responsável pelas obras da Arena Corinthians, Andrés Sanchez, descarta a possibilidade da retirada das cadeira do setor de visitante no momento.

"Vamos insistir para ver se o povo se educa e tem consciência de que não pode quebrar as cadeiras. Se quebrarem, infelizmente teremos que trocar", declarou, em entrevista ao Estadão.

Vale lembrar que o Setor Sul, onde fica o setor visitante, tem sito usado como arquibancada para a torcida do Corinthians em alguns jogos do Paulistão, quando a procura é muito baixa por ingressos do setor visitante. Na partida contra o Red Bull Brasil, por exemplo, os poucos torcedores que foram incentivar o time de Campinas, foram realocados para a Oeste Superior, enquanto a torcida do Timão encheu o setor adversário.

Veja Mais:

  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos pode ser emprestado para outro clube em 2018

    Com chegada de reforço, Corinthians estuda empréstimo de Fellipe Bastos

    ver detalhes
  • Minds Idiomas segue na manga da camisa corinthiana em 2018

    Com até bolsa de estudos a jogadores, Corinthians renova com patrocinador para manga da camisa

    ver detalhes
  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes