Jogadores assumem 'pernas pesadas', mas classificam resultado como justo

Jogadores assumem 'pernas pesadas', mas classificam resultado como justo

Por Meu Timão

Dupla corinthiana comemorou o resultado, mas lamentou cansaço

Dupla corinthiana comemorou o resultado, mas lamentou cansaço

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Os jogadores do Corinthians ainda estão sentindo a grande sequência de jogos desse início de temporada. Depois de golear o Danubio, na quarta-feira, por 4 a 0, o Timão empatou em 1 a 1 contra o Santos, nesse domingo.

A intensidade dos jogos do Corinthians, já muito elogiada pelo técnico Tite, tem prejudicado o desempenho dos atletas em campo. Por isso, no segundo tempo, o rendimento do time alvinegro caiu e permitiu o crescimento do Santos.

"Ter um jogo de Libertadores no meio de semana e um clássico no fim de semana pesa. A perna pesa. Agredimos, tivemos algumas chances, mas não matamos o jogo no primeiro tempo", lamentou Ralf, na saída do gramado.

O meia Jadson também sentiu o mesmo e, por isso, acredita que o resultado foi justo para ambas as equipes.

"O resultado foi justo para as duas equipes. Conseguimos terminar em primeiro. Tivemos um jogo difícil contra o Danubio, e conseguimos pressionar o Santos no primeiro tempo. No segundo tempo, as pernas pesaram um pouco. Acho que o resultado foi justo", finalizou o camisa 10.

Veja Mais:

  • Monster Jam agitou Itaquera nesse sábado

    Primeiro Monster Jam no Brasil leva mais de 30 mil pessoas à Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Crislan pertence ao Braga, mas jogou no Vegalta Sendai por empréstimo

    Em alta no Japão, atacante despista sobre sondagem do Corinthians

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes
  • Em meio à Fiel, Carille ergue a taça do hepta

    Como ganhar na loteria! 'Campeão de tudo' em 2018 levará R$ 144 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes