Recusando rótulos, Felipe dispara: 'Não é imbatível'

Recusando rótulos, Felipe dispara: 'Não é imbatível'

Por Meu Timão

2.6 mil visualizações 38 comentários Comunicar erro

Felipe marcou o único gol do Timão no clássico contra o Santos

Felipe marcou o único gol do Timão no clássico contra o Santos

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Seguindo invicto na temporada de 2015, com 18 vitórias e quatro empates em um total de 22 partidas, o Corinthians ainda segue em busca de melhorias. A importância do clássico do último domingo, contra o Santos, era somar pontos dentro de casa. A partida lotou a Arena Corinthians e terminou em 1 a 1, com gol do zagueiro Felipe.

Após sequência de jogos, Felipe afirmou que o cansaço apareceu e foi um dos fatores que pesou para o resultado garantido com o Santos. Em jogos importantes, a concentração é imprescindível e necessária e, dispensando o título de "time imbatível", o zagueiro falou sobre a invencibilidade do time do Parque São Jorge.

"Nenhum clube é. Pega o Barcelona, não tem isso. Com essa caída, a equipe tem de crescer mais para que não aconteça, corrigir os erros. Não é imbatível", disse em entrevista ao Seleção SporTV.

Felipe, que só conquistou a vaga de titular no elenco alvinegro após a saída de Anderson Martins, segue ganhando a confiança do técnico Tite e da torcida corinthiana. Com humildade, o jogador agradeceu aos que confiaram nele.

"Meus companheiros, que sempre acreditaram em mim, minha família e amigos, que também acreditam no meu trabalho. E o professor Tite, que me deu confiança desde 2012 e que sempre acreditou em mim. Ele falou que ia chegar minha hora e, em 2015, ela chegou e estou fazendo o meu trabalho bem feito", afirmou.

Possivelmente sem Felipe, que deve ser poupado junto aos outros titulares, o Corinthians enfrenta o XV de Piracicaba nesta quarta-feira, no Barão de Serra Negra, às 22h, pela 15ª rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes