Corinthians negocia patrocínio da Arena com fabricante japonesa, diz site

Corinthians negocia patrocínio da Arena com fabricante japonesa, diz site

Por Meu Timão

Montadora Nissan pode patrocinar uma das propriedades da Arena Corinthians

Montadora Nissan pode patrocinar uma das propriedades da Arena Corinthians

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

A diretoria de marketing continua em busca de novos patrocínios para o Corinthians. o nome da vez é a fabricante de automóveis japonesa, a Nissan. A montadora deve se tornar parceira alvinegra na Arena Corinthians. A informação é da coluna "Dois Toques", da Espn.com.

Nos próximos dias, o Timão deve fechar contrato com a montadora, mas, até o momento, ainda não foi definido para qual propriedade do estádio seria o patrocínio. Uma das possibilidades seria o nome de um dos setores da Arena, por exemplo, se o Setor Leste passasse a se chamar Setor Nissan.

Quem está por trás das negociações é o novo diretor de marketing Marcelo Passos, que foi nomeado pelo presidente Roberto de Andrade para assumir o cargo em fevereiro desse ano.

Vale lembrar que a montadora japonesa já investiu dinheiro no futebol brasileiro. Em 2013, a Nissan encerrou o contrato que tinha com o Vasco por causa das cenas de violência entre a torcida carioca e a doa Atlético-PR, em Joinville, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • PM impediu acesso de torcedores com bolsas na Arena Barueri

    Por 'segurança', Polícia Militar barra entrada de bolsas femininas em jogo da Copinha

    ver detalhes
  • Promessa da base do Timão, Vitinho foi convocado para a Seleção Sub-17

    Atacante do Corinthians na Copinha é convocado para Seleção Sub-17

    ver detalhes
  • Pablo é jogador do Corinthians até 31 de dezembro de 2017

    Pablo assina com Corinthians e é sétima contratação do clube para 2017

    ver detalhes
  • Corinthians e Batatais se enfrentam nesta quarta-feira, às 16h

    FPF divulga informações de ingressos da final da Copinha para que não é FT; confira valores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes