Após exames, Guerrero é liberado para voltar a treinar

Após exames, Guerrero é liberado para voltar a treinar

Liberado, Guerrero pode retornar aos treinamentos no Corinthians

Liberado, Guerrero pode retornar aos treinamentos no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na manhã desta quarta-feira, o atacante Paolo Guerrero foi liberado pelo departamento do Corinthians para voltar aos treinamentos. Depois de mais de dez dias se recuperando de dengue, o peruano retornará aos treinos nessa quinta-feira, quando o elenco alvinegro se reapresenta após o jogo contra o São Paulo.

O atacante passou por exames nessa manhã, entre eles a medição de plaquetas no sangue. Aprovado e voltando aos treinos, segundo o preparador físico, Fábio Mahseredjian, Guerrero precisará de até dez dias para recuperar a forma física.

Uma das principais peças do elenco alvinegro, o atacante surpreendeu a todos quando começou a ter febre e fortes dores no corpo na véspera do confronto com a Ponte Preta, pelas quartas do Paulistão. Com dengue, Guerrero permaneceu internado por quase uma semana, voltou para a casa na última sexta e só agora foi liberado para retornar aos treinos.

Nesse período fora de jogos, o atacante perdeu três partidas decisivas pelo Timão: as quartas e semi do Paulistão, contra Ponte Preta e Palmeiras; e a classificação para as oitavas na Libertadores, contra o San Lorenzo.

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes