Aguardando decisão da diretoria, Pato concentra e vai ao Morumbi

Aguardando decisão da diretoria, Pato concentra e vai ao Morumbi

Por Meu Timão

8.7 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Alexandre Pato concentrou e irá com a delegação do São Paulo ao Morumbi

Alexandre Pato concentrou e irá com a delegação do São Paulo ao Morumbi

Foto: Divulgação

O Corinthians pode ter que enfrentar o atacante Alexandre Pato na noite dessa quarta-feira, na partida pela Copa Libertadores, contra o rival São Paulo. Emprestado ao time do Morumbi até o final desse ano, por contrato, o jogador não pode entrar em campo contra o Timão. Porém, Pato concentrou com os companheiros de time e seguirá com a delegação para o estádio.

A alteração pode acontecer, pois a diretoria do São Paulo pode usar uma brecha que tem ligação com os atrasos de salário por parte da diretoria alvinegra. Já são sete meses sem receber metade dos vencimentos, que é paga pelo Timão.

Ainda em discussão pela diretoria do time do Morumbi, uma pessoa ligada aos dirigentes, segundo o GloboEsporte.com, a chance de Pato jogar exite, ainda que pequena.

No contrato assinado entre os dois clubes, para usar o atacante, o São Paulo teria que desembolsar R$ 5 milhões e ainda contar com a permissão do Corinthians. O presidente Roberto de Andrade já declarou que se o dinheiro vier, Pato pode entrar em campo.

Veja Mais:

  • Top fregueses do Corinthians | #43

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Os maiores fregueses do Corinthians

    ver detalhes
  • Roger foi apresentado como novo centroavante do Corinthians nesta sexta-feira

    Roger é apresentado no Corinthians e lembra de passado torcedor na cidade de Campinas

    ver detalhes
  • Recém-chegado, Roger participou do treino do Corinthians nesta sexta-feira

    Volta de emprestado, presidente na área e Roger em campo... a sexta-feira do Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik não enfrenta Paraná Clube neste domingo

    Sem Roger nem Sheik: Carille relaciona 22 para jogo contra Paraná

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes