Corinthians avança com dívidas e acerta pendências com Ponte Preta

Corinthians avança com dívidas e acerta pendências com Ponte Preta

Por Meu Timão

Contratado em 2014, Ferrugem não ganhou muitas chances com Mano Menezes e acabou negociado

Contratado em 2014, Ferrugem não ganhou muitas chances com Mano Menezes e acabou negociado

Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em meio à dívidas com jogadores e até com o técnico Tite, a diretoria do Corinthians começa a pôr ordem nas finanças do clube. Nesta segunda-feira, o Timão entrou em contato com a Ponte Preta para quitar o empréstimo do lateral-direito Ferrugem, hoje no Vissel Kobe (JAP). A informação é do portal Estadão.

A transferência do jogador para o clube do Parque São Jorge ficou acertada em R$ 600 mil na época, dividida em cinco parcelas. Entretanto, o Corinthians não honrou o acordo e deve mais de R$ 500 mil ao clube campineiro - além da dívida, juros de 1% ao mês, multa de R$ 20 mil e honorários jurídicos foram incluídos no valor, já que a Ponte Preta entrou na Justiça para cobrar a dívida.

A renegociação da pendência com a Ponte ainda será definida para que o Timão possa dividir o valor. Entretanto, o número de parcelas ainda não foi acertado.

Essa não é a primeira vez que a diretoria corinthiana busca sanar as dívidas do clube. Em março, o clube do Parque São Jorge quitou totalmente a dívida que tinha com o Grupo Pão de Açúcar, responsável por parte dos direitos federativos de Paulinho, hoje no futebol inglês.

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes