Filho de Tite vai à Espanha acompanhar trabalho do Barcelona

Filho de Tite vai à Espanha acompanhar trabalho do Barcelona

Por Meu Timão

Matheus Bacchi acompanhará o trabalho de grandes clubes de perto

Matheus Bacchi acompanhará o trabalho de grandes clubes de perto

Foto: Divulgação

Seguindo os passos do pai, Matheus Bacchi vai fazer uma viagem para acompanhar o trabalho de clubes renomados. Ricardo Rosa já foi parceiro de comissão técnica de Tite, e hoje é o preparador físico que trabalha com Neymar no Barcelona. Essa ligação permitirá que o filho do treinador do Corinthians acompanhe de perto por alguns dias a rotina do clube espanhol.

Além de assistir a alguns treinos, o filho de Tite também acompanhará a partida contra o Bayern de Munique, na próxima semana, válida pela semifinal da Liga dos Campeões.

Aos 26 anos, Matheus já foi auxiliar técnico do Caxias, durante o último Campeonato Gaúcho. Em algumas situações, ele costumava ajudar seu pai, sendo uma espécie de 'assistente à distância'. O grande exemplo dessa parceria foi em 2011, quando o filho incentivou a contratação de Paolo Guerrero, após acompanhá-lo em ação na Copa América.

Após a passagem pela Espanha, Matheus ainda passará pela Itália, onde poderá acompanhar alguns treinos da Inter de Milão, comandada pelo italiano Roberto Mancini e com o ex-lateral Sylvinho como um de seus auxiliares.

Veja Mais:

  • Pedrinho é a grande novidade entre os titulares

    Apostando na força da base, Corinthians recebe o Red Bull Brasil na Arena

    ver detalhes
  • Marlone está deixando o Corinthians para atuar no Atlético-MG

    Postura de Marlone no dia a dia fez diretoria do Corinthians aceitar pedido de liberação de agente

    ver detalhes
  • Carille perdeu dez opções para o jogo desta quinta

    Corinthians tem dez desfalques para partida contra Red Bull Brasil; veja a lista

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel segue como jogador do Corinthians

    Marquinhos Gabriel escapa de barca e ganha sobrevida no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes