Tite admite surpresa: 'Não imaginei o resultado de hoje'

Tite admite surpresa: 'Não imaginei o resultado de hoje'

Técnico Tite admitiu não esperar resultado sofrido pelo Timão no Paraguai

Técnico Tite admitiu não esperar resultado sofrido pelo Timão no Paraguai

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Muito se falou sobre o Corinthians ter escolhido enfrentar o Guaraní por ser um time considerado mais fácil. Mas não foi o que se viu nos primeiros 90 minutos do confronto das oitavas da Libertadores, nesta quarta-feira.

Após o jogo, na coletiva de imprensa, o técnico Tite admitiu que não esperava o resultado de 2 a 0 no Paraguai.

"Tem de retomar padrão de confiança, no passe, na triangulação... Não imaginei o resultado de hoje. Sabíamos que fazer gol aqui era importante. Temos consciência de que com o carinho do nosso torcedor, dentro da nossa casa, podemos buscar esse resultado", disse.

Com 14 dias entre um jogo e outro para treinar, o esperado era que o Corinthians retomasse o bom futebol do início da temporada. O treinador, porém, acredita que mesmo sem retomar o padrão, a equipe tem condições de mudar o placar em casa.

"A equipe não retomou o padrão normal dela, isso é inconteste. O tamanho do prejuízo só saberemos após os 90 minutos em casa. Temos todas as condições de reverter, ou no mínimo igualar o resultado. Esteve abaixo de seu padrão normal, não foi como imaginamos. Foi um jogo equilibrado, com poucas oportunidades dos dois lados. O Guaraní teve efetividade", disse.

O técnico também falou sobre a segunda derrota consecutiva na temporada, algo que ainda não tinha acontecido.

"Nesse ano, é a fase mais complicada. Só tínhamos perdido uma vez antes. Claro que sim. A retomada do padrão nós precisamos. Às vezes você perde a confiança. É uma equipe que está se ajustando e se consolidando. A equipe teve um padrão médio até a hora do gol, depois tomou um placar que não imaginava", explicou.

Tite fez as três alterações possíveis na partida, mas todas depois que o time já sofria grande pressão do Guaraní.

"Sabíamos desde o começo que fazer gol fora era fundamental. O outro time não propôs muito o jogo, não se expôs, ficou um jogo mais amarrado e sem criatividade, infiltração das duas equipes. O gol acabou determinando uma mudança. Eu ia colocar o Love um pouquinho antes do Malcom, mas segurei o Luciano. As modificações foram para buscar efetividade, bola aérea", finalizou.

Veja Mais:

  • Rodriguinho marcou o gol da vitória do Corinthians contra o Atlético-GO

    Corinthians se impõe fora de casa, vence Atlético-GO e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Gabriel foi um dos destaques do Corinthians no Serra Dourada

    Volante do Corinthians destaca humildade em Goiânia, números do ano e reafirma: 'Vai brigar'

    ver detalhes
  • Tevez marcou 46 gols com a camisa do Corinthians

    Ídolo no Corinthians, Tevez detona futebol chinês: 'Diferente em relação a tudo que joguei'

    ver detalhes
  • Pablo e Malcom se juntaram durante viagem do atacante ao Brasil

    Campeões pelo Corinthians, Pablo e Malcom se reencontram: 'Resenha fera'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes