Apesar de 'muito difícil', Timão tenta reverter pena de Sheik

Apesar de 'muito difícil', Timão tenta reverter pena de Sheik

Corinthians tenta reverter punição de Emerson Sheik

Corinthians tenta reverter punição de Emerson Sheik

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A diretoria do Corinthians já está trabalhado para tentar reverter a suspensão aplicada pela Conmebol ao atacante Emerson Sheik, na última segunda-feira. O atacante levou punição de três jogos e, por isso, está fora da partida contra o Guaraní, nesta quarta, na Arena Corinthians.

Porém, para o presidente Roberto de Andrade essa é uma missão muito difícil."Estamos conversando, acho muito difícil que isso se reverta, mas temos de brigar até o último instante", declarou, em coletiva de imprensa nesta terça, após o treino na Arena.

A Conmebol não oferece recurso após aplicação de pena disciplinar, mas a diretoria está conversando com a Confederação Sul-Americana de Futebol para tentar reduzir em um jogo. Assim, Sheik ficaria disponível para um provável jogo de ida de quartas de final da Copa Libertadores da América.

"Na Conmebol não existe recurso, a pena é dada e temos de aceitar. Estamos mantendo conversas, estamos tentando convencê-los de que a pena foi um pouco exagerada pelo contexto da jogada. Não que ele não tenha tocado na perna do jogador do São Paulo, mas o relato foi só uma parte daquilo que aconteceu", declarou o mandatário.

Emerson Sheik foi expulso na partida contra o São Paulo, na fase de grupos da Libertadores, depois de se envolver em confusão com o zagueiro Rafael Tolói, que não foi advertido. O atacante já ficou fora da primeira partida contra o Guaraní, no Paraguai.

Veja Mais:

  • Corinthiano Luidy é o novo reforço do Figueirense

    Anunciado por clube da Série B, Luidy agradece Corinthians

    ver detalhes
  • Timão e Caixa não chegaram a acordo pela renovação

    Corinthians recebe ofertas, mas pode permanecer sem patrocínio master na decisão; veja imposições

    ver detalhes
  • Fagner não corre risco de perder finais do Paulistão

    Julgamento de Fagner por suposta agressão no Majestoso acontecerá só após finais do Paulistão

    ver detalhes
  • Jadson, com a 10, fez um dos gols contra a Universidad de Chile na Arena

    Corinthians vai devolver camisa 10 a Jadson; utilização na decisão ainda é incógnita

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes