Imprensa estrangeira revela surpresa com derrota do Timão

Imprensa estrangeira revela surpresa com derrota do Timão

Por Meu Timão

A segunda derrota diante do Guaraní do Paraguai, e a consequente eliminação da Libertadores, não foi surpresa apenas para os torcedores corinthianos e para a mídia nacional.

A imprensa estrangeira, além de reconhecer o mérito do time paraguaio, destacou a eliminação do Corinthians, que era visto como um dos preferidos para a conquista do título.

O jornal paraguaio Hoy abriu a nota da vitória paraguaia na Arena Corinthians como "Classificação 'aborígene' surpreende a todos". No corpo da matéria, também apresentou: "Repercute tanto na América como na Europa o resultado obtido pelo time do espanhol Fernando Jubero".

Já o periódico argentino Olé utilizou a manchete "Surpresa", afirmando: "Foi a primeira das grandes surpresas da Libertadores. Corinthians, apesar de derrotado no Paraguai, chegava com o status de campeão. Mas eles encontraram uma equipe que não facilitou em nada".

O fato também ganhou destaque na ESPN americana. Mesmo com a eliminação de outros clubes, como o São Paulo, relatou como "Grande surpresa da competição até agora, a eliminação do poderoso Corinthians para o pequeno Guarani do Paraguai".

Confira as manchetes

Repercussão

Repercussão

Repercussão

Repercussão

Repercussão

Veja Mais:

  • Embalada, equipe de vôlei do Corinthians está na semi do Paulista

    Corinthians/Guarulhos despacha São José e vai à semifinal do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Último treino aconteceu com a presença da Fiel na Arena Corinthians

    Em treino aberto na Arena, Carille define escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Fiel fez muito bonito na Arena Corinthians neste sábado

    Torcida 'lota' Arena e faz bonita festa em último treino do Corinthians antes do clássico

    ver detalhes
  • Timão encara último Majestoso da temporada neste domingo

    Saiba como assistir pela TV ao clássico entre Corinthians e São Paulo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes