Danilo diz que quer renovar: 'Penso em jogar mais um ou dois anos'

Danilo diz que quer renovar: 'Penso em jogar mais um ou dois anos'

Danilo deve ser titular na partida contra o Fluminense no domingo

Danilo deve ser titular na partida contra o Fluminense no domingo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O meia Danilo foi o entrevistado do dia no treino do Corinthians. Depois de fazer parte da equipe titular que deve iniciar a partida contra o Fluminense, durante a atividade, o jogador foi até a sala de coletiva falar com a imprensa. Durante o papo, sempre muito calmo, o jogador falou sobre a sua vontade de permanecer no clube do Parque São Jorge. Danilo tem contrato com o Corinthians somente até o final deste ano.

"Não sei o que passa na cabeça da diretoria, ela vai decidir. Se eu não renovar, vou sair com a cabeça erguida. O futebol é dessa forma, temos de entender. Meu pensamento é continuar jogando. Eu me sinto em casa e muito feliz aqui. Mas sabemos que o futebol é dessa forma e temos de respeitar as decisões", disse Danilo.

Com 35 anos, o meia descartou a possibilidade de uma aposentadoria agora. Segundo Danilo, enquanto ele estiver conseguindo jogar, ele não irá pensar nisso. "Eu penso em jogar ainda. Enquanto estiver em campo treinando, tenho poucas lesões, ainda dá para jogar. Penso em jogar mais um ou dois anos. Eu ainda me vejo em condições de jogar. Quando você não vai para o campo, aí é o momento de parar. A partir de julho começa a pensar para o ano que vem", explicou.

O Corinthians ainda não procurou o jogador para falar sobre uma possível renovação. Mas, Danilo diz estar tranquilo e entender o atual momento da diretoria alvinegra.

"Todo clube é assim, todo jogador passa por isso. Ainda mais com a nossa história aqui. Temos uma história muito bonita, mas sabemos que tem o momento do clube, não sabemos o que pensam. O pensamento sempre é ficar, mas até agora não tem nada. Entendo e não fico magoado. Tenho contrato e vou dar meu máximo até o final", disse.

"Sabemos que isso é com a diretoria. Isso acontece muito no futebol, é momento. Fomos eliminados e aparecem as cobranças. No final do ano tem eu, Ralf e Fábio. Ficamos tristes de perder jogadores. Ao mesmo tempo, temos de trabalhar. Isso faz parte", completou.

No clube desde 2010, Danilo fez questão de lembrar que o Corinthians nunca viveu um momento financeiro como este e destacou a confiança que tem na diretoria. "Temos de levar em consideração, é um momento difícil que o clube está passando. Nós temos de pensar dentro de campo. A diretoria sempre fez as coisas certas. Todo mundo está dando o máximo em campo. Uma hora ou outra isso vai ser resolvido", finalizou.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes