Com contrato válido até julho, Sheik pode ser liberado mais cedo

2.4 mil visualizações 45 comentários

Por Meu Timão

Apesar de ter contrato com o Timão até 31 de julho, Sheik pode deixar o clube antes do previsto

Apesar de ter contrato com o Timão até 31 de julho, Sheik pode deixar o clube antes do previsto

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrede, anunciou nesta sexta-feira que Emerson Sheik não terá seu contrato renovado. Seu vínculo com o clube, no entanto, termina somente no fim de julho. Por isso, a direção alvinegra avalia liberar o atleta mais cedo para definir seu futuro.

Alguns fatores podem facilitar a saída de Sheik. Com um salário de cerca de R$ 500 por mês, a diretoria pretende economizar dois vencimentos do atacante. A direção, porém, já antecipou que o atleta deve abrir mão do valor que receberia do Timão neste período - pouco mais de R$ 1 milhão, no caso.

Por outro lado, a participação de Sheik no Campeonato Brasileiro pode ser decisiva para um "adeus" mais próximo. Se o atacante completar mais de sete jogos na competição pelo clube, ele não poderá ser negociado para jogar em outra equipe do futebol brasileiro, impossibilitando uma possível venda.

Atualmente, o atleta esteve em campo nas duas vitórias do Timão no torneio - contra Cruzeiro, na Arena Pantanal, e Chapecoense, na Fonte Luminosa. Neste sábado, o técnico Tite relacionará os jogadores para a terceira rodada do Brasileirão. Caso enfrente o Fluminense no próximo domingo, Emerson Sheik chegará a três partidas disputadas, quase metade do limite para transferências do campeonato.

Veja Mais:

  • Jô comemora com Everaldo seu gol no duelo com o Palmeiras, pela final do Paulistão

    Corinthians visita Atlético-MG em estreia no Campeonato Brasileiro; saiba tudo

    ver detalhes
  • Corinthians não receberá a totalidade da premiação pelo vice do Paulistão

    Corinthians sofre bloqueio de premiação pelo vice do Paulista na Justiça por dívida antiga; entenda

    ver detalhes
  • Gerente global da Coca-Cola sugere para o banco BMG respeitar cores e valores do Corinthians

    Diretor da Coca-Cola critica ações de patrocinador do Corinthians em rede social

    ver detalhes
  • Um pouco de medicina: explicando os casos Gil e Léo Natel

    [Marco Bello] Um pouco de medicina: explicando os casos Gil e Léo Natel

    ver detalhes
  • Corinthians terá o logo preto e branco na sua camiseta

    BMG 'antecipa' logo preto e branco na camisa do Corinthians; banco mantém campanha

    ver detalhes
  • Corinthians e Atlético-MG se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro 2020

    Corinthians estreia no Brasileirão como 'azarão' contra Atlético-MG em sites de apostas

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: