Palmeiras pede para torcida não quebrar cadeiras na Arena

Palmeiras pede para torcida não quebrar cadeiras na Arena

Por Meu Timão

Cadeiras foram quebradas no último Dérbi da Arena, pelo Paulistão

Cadeiras foram quebradas no último Dérbi da Arena, pelo Paulistão

Foto: Meu Timão

Preocupado com a depredação feita por seus torcedores nos últimos jogos, o Palmeiras se adiantou e pediu para que, quem for à Arena Corinthians, no domingo, não quebre cadeiras e evite prejuízos para o clube.

Por meio de uma nota oficial no site do clube, o rival de domingo relembrou o último confronto entre as duas equipes, pelo Campeonato Paulista, quando cerca de 900 cadeiras da Arena foram quebradas, gerando um gasto de aproximadamente R$ 300 mil reais ao Palmeiras.

Na ocasião, além das cadeiras, os torcedores também depredaram vasos sanitários, porta de banheiro, grades de proteção e corrimãos. A atitude gerou também uma multa ao Palmeiras aplicada pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo.

Essa não foi a primeira vez que a torcida do Palmeiras quebrou cadeiras na Arena Corinthians. Em 2014, no Brasileirão, cerca de 258 cadeiras foram destruídas no estádio, causando um prejuízo de cerca de R$ 45 mil - pago pelo diretoria alvinegra.

Confira o comunicado divulgado pelo Palmeiras

Palmeirenses,

Considerando os fatos ocorridos no último clássico entre Corinthians e Palmeiras, válido pela semifinal do Campeonato Paulista Série A1 2015, na Arena Corinthians, solicitamos a atenção de vocês para o seguinte:

(i) houve quebra de cerca de 900 cadeiras no setor visitante, destinado à torcida do Palmeiras, o que gerou um prejuízo de aproximadamente R$ 300.000,00, este arcado pelo Palmeiras;

(ii) adicionalmente, o Palmeiras foi multado pelo TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo), além de ficar exposto a perda de mandos de jogos em virtude do ocorrido.

Nesse sentido, solicitamos a todos os torcedores que comparecerão à Arena Corinthians na partida entre Corinthians e Palmeiras, válida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2015, o cuidado necessário com as cadeiras e outras benfeitorias do Estádio, a fim de não prejudicar o Palmeiras financeira e desportivamente, em razão do risco de perda de mando de jogo e condenação a pagamento de multa, que pode alcançar até R$ 100.000,00.

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes