Desejado pelo Flamengo, Elias volta a descartar saída do Timão: 'Boato'

Desejado pelo Flamengo, Elias volta a descartar saída do Timão: 'Boato'

Por Meu Timão

Artilheiro do Corinthians em 2015, Elias reafirmou que permanecerá no Corinthians

Artilheiro do Corinthians em 2015, Elias reafirmou que permanecerá no Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Um dos assuntos mais comentados desta semana foi a possível saída de Elias para o Flamengo. Contra a vontade do camisa 7, o Timão teria mantido a negociação do jogador com o clube carioca. Mas o atleta, corinthiano de coração, voltou a declarar que não pretende deixar o time alvinegro antes do fim da temporada.

"Eu tenho palavra. Enquanto me quiserem aqui, vou continuar aqui para ajudar da maneira que sempre ajudei. Já deixei isso bem claro. Vou procurar fazer o meu trabalho aqui no Corinthians, já decidi que quero ficar. Fico feliz que o Flamengo ainda mantém o seu interesse, mas pretendo ficar no Corinthians", afirmou Elias, em entrevista ao jornal LANCE!.

Envolvido na nova gestão "econômica" da diretoria, a transferência do volante renderia um alívio às contas do clube, já que possui o maior salário - R$ 500 mil por mês - do elenco, além do repasse de uma dívida com o Sporting (POR), ex-clube de Elias. Ainda sobre o assunto, o meio-campista deixou claro que as notícias sobre o interesse do Timão em sua saída não passam de "boatos".

"Não acho que querem me vender, porque até agora ninguém falou nada para mim (risos). Já tive conversas com o Edu (Gaspar, gerente), com o Tite, com o presidente (Roberto de Andrade), passei a minha posição para eles, eles passaram a deles, e estou trabalhando. O que falam é boato. Se tem o interesse do Flamengo, é deles, não daqui", comentou.

Caso a negociação fosse confirmada, Elias se juntaria a Guerrero, Sheik e Cassini, atletas envolvidos na reformulação do grupo de jogadores proposta pela diretoria. O peruano, inclusive, já foi contratado pelo mesmo Flamengo, que sonha em repatriar o volante alvinegro.

"Tanto Guerrero quanto Sheik mereciam todas as homenagens possíveis. Sobre o Sheik, eu estive no Pacaembu, comemorando os dois gols dele na final da Libertadores. Merece toda homenagem. Paolo vi os dois gols no Mundial. O torcedor mesmo, de verdade, vai ter os dois no coração, eternamente", declarou Elias, que ainda passou um recado à torcida corinthiana.

"Infelizmente, há algum tempo é assim. Se perder a Libertadores, parece que tudo o que foi feito antes vai para o ralo. Todo mundo esquece. Como torcedor, é ser Fiel. É honrar o nome que nos foi dado. Ser uma torcida fiel, nos bons e maus momentos, sempre apoiando o time. Sempre falo que o Corinthians ficou mais de 20 anos na final, sem ganhar nenhum título, e foi a época que a torcida mais cresceu. É continuar sendo fiel. Claro, cobrar, essa é a forma do torcedor corintiano ser, agir, cobrar para melhorias, e continuar apoiando, e honrando o nome da torcida fiel", finalizou.

Veja Mais:

  • Membro da comissão de Carille se envolveu em confusão com técnico rival

    Briga no túnel do vestiário marca fim de jogo na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Maycon, de falta, marcou para o Corinthians contra o Red Bull Brasil

    Corinthians marca de falta, mas toma gol no finalzinho e fica no empate com Red Bull

    ver detalhes
  • Paulinho fez dois gols pela Seleção Brasileira contra o Uruguai

    Ex-Corinthians, Paulinho faz três, quebra recorde e comanda show da Seleção de Tite no Uruguai

    ver detalhes
  • Transmissão confunde volantes do Corinthians

    TV repete lambança de árbitro e confunde Maycon e Gabriel em lance de gol do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes