Técnico Tite pede foco, mas assume peso emocional no clássico

Técnico Tite pede foco, mas assume peso emocional no clássico

Por Meu Timão

1.9 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

Tite pede tranquilidade e discernimento para seguir trabalhando por melhores desempenhos

Tite pede tranquilidade e discernimento para seguir trabalhando por melhores desempenhos

Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Após a derrota por 2 a 0 no clássico contra o Palmeiras, o técnico Tite concedeu coletiva com um discurso calmo, pedindo discernimento para que a equipe possa ter calma e trabalhar em paz para poder reverter a situação.

“Ter critério, discernimento, equilíbrio para que em momentos difíceis você possa trabalhar e reverter. Esse foco de aguentar todas as pressões. Esse equilíbrio é o mais importante” afirmou.

O técnico defendeu a ideia de que não adianta se desesperar por ter obtido um resultado ruim e que agora é hora de tranquilidade. “Tranquilidade não é sinônimo de insensível. Tem que ter discernimento para desenvolver o trabalho. Tudo, fora isso, e a responsabilidade e a maturidade que a gente tem que ter, do grande clube, da grande marca", disse.

Perguntado ainda se o emocional da equipe, após a primeira derrota em clássicos dentro de casa, ficaria muito abalado e passaria a atrapalhar o rendimento na próxima semana, Tite disse preferir focar em outros aspectos.

“De todos os aspectos, entramos no aspecto tático. Eu não consigo outra forma, a não ser treinamento e eles mostrarem em campo. Fizesse um grande jogo, o emocional poderia ir para o outro lado. Trabalho com o real, e o emocional pesa mais”, assumiu.

Por último, ainda citou qual seria sua carta na manga para voltar a boa fase: tranquilidade, concentração, confiança no elenco que está no clube e que já provou que é capaz de desempenhar um bom futebol. “Reúne todos esses fatores, eles são importantes nesse momento. Independente de títulos e não gosto de me apegar à derrotas. O momento é de construção, de trabalho, de cada um de nós mostrar as qualidades que têm", finalizou.

Veja Mais:

  • Jogadores comemoraram o gol de Vital; o camisa 22 foi discreto, em respeito ao ex-clube

    Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

    ver detalhes
  • Gol de Mateus Vital garantiu vitória do Corinthians sobre o Vasco

    Rivais diretos perdem, e Corinthians começa 35ª rodada com pé direito; veja classificação

    ver detalhes
  • Roger foi criticado pela torcida após passar em branco no jogo deste sábado

    Torcida elege Vital craque de vitória do Corinthians, mas não perdoa dupla; veja as notas

    ver detalhes
  • Jair Ventura, Alessandro Nunes (gerente de futebol) e Duilio Monteiro Alves (diretor de futebol)

    Diretoria do Corinthians sobre Jair Ventura em 2019: 'Não temos intenção nenhuma de mudar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes