Corinthians busca retomada de hegemonia em casa

Corinthians busca retomada de hegemonia em casa

Por Meu Timão

Corinthians busca engatar nova sequência de vitórias em casa

Corinthians busca engatar nova sequência de vitórias em casa

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians receberá o Internacional na Arena Corinthians, no próximo sábado às 16h30, com a intenção de dar o primeiro passo rumo a retomada da hegemonia da equipe em casa. O primeiro jogo oficial na Arena foi no dia 18 de maio de 2014, quando o Corinthians perdeu por 1 a 0 para o Figueirense. A partir de então, foram 11 meses sem nenhuma derrota.

Neste período a equipe disputou 14 partidas do Brasileirão 2014, três da Copa do Brasil 2014, dez do Paulista 2015 e quatro da Libertadores 2015. Ao todo foram 23 vitórias e nove empates.

Porém a sequência caiu por terra diante do Guarani- PAR, quando o Corinthians foi eliminado nas oitavas de final da Libertadores perdendo por 1 a 0. Após este jogo o alvinegro apenas disputou mais uma partida em casa, o clássico contra o Palmeiras pela quarta rodada do Brasileirão, e perdeu mais uma, desta vez por 2 a 0.

Agora os comandados do técnico Tite esperam conseguir retomar as vitórias dentro de casa e ver seu torcedor novamente com a faixa “Caiu em Itaquera, já era!”. O retrospecto sobre o próximo adversário é positivo, o Timão não perde do Internacional desde setembro de 2013, quando o time gaúcho o venceu por 1 a 0, numa partida pelo Brasileirão daquele ano.

Veja Mais:

  • Emerson Sheik com a camisa do Corinthians em coletiva no CT

    Emerson Sheik é apresentado, diz entender desconfiança e promete dar resposta em campo

    ver detalhes
  • Sheik assinou contrato até o fim de junho

    Emerson Sheik fala sobre contrato de seis meses, aposentadoria e possível renovação com Corinthians

    ver detalhes
  • Sheik beijou escudo do Corinthians ao ser apresentado

    Sheik faz juras de amor ao Corinthians e relembra jogo na Arena pela Ponte: 'Foi estranho'

    ver detalhes
  • Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

    Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes