Lateral pede tempo para Romero: 'Não adianta comparar com Guerrero'

Lateral pede tempo para Romero: 'Não adianta comparar com Guerrero'

Fagner pediu 'tempo e confiança' em relação a Ángel Romero

Fagner pediu 'tempo e confiança' em relação a Ángel Romero

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians ainda luta para solucionar o problema no ataque após as saídas de Paolo Guerrero e Emerson Sheik. Desde então, Ángel Romero tem sido a opção do técnico Tite e até o momento não conseguiu exibir uma boa atuação.

Para o lateral-direito Fagner, o atacante sofre pois ficou muito tempo sem atuar. Romero ficou a maior parte da temporada sem nem ser relacionado para o banco de reservas.

"É difícil ficar um tempo sem atuar. Quando vai atuar, tem uma cobrança grande. O Romero está entrando no lugar de um ídolo do clube. Mas temos de dar tempo para adquirir ritmo de jogo e as coisas possam fluir naturalmente", declarou Fagner.

Depois de pedir calma em relação ao companheiro de ataque, o lateral ainda ressaltou que as comparações com Guerrero devem acabar. Segundo ele, a equipe precisa se adaptar ao paraguaio e a Vagner Love, outra opção do ataque.

"O Paolo fez história bonita no clube, mas, infelizmente, acabou. Não adianta comparar Romero ou Vagner Love com Paolo. Temos de ver quem é o jogador e jogar com as características dele. Não virá outro Paolo", disse.

Além da dupla, existe a possibilidade da contratação de um novo centroavante. Téo Gutiérrez, do River Plate, é uma das opções mais prováveis. Para Fagner, esse não é o momento de pensar se precisa ou não de reforços. O elenco precisa valorizar as opções existentes.

"É difícil falar se tem de vir jogador. Temos de valorizar quem está aqui hoje, como Vagner e Romero. É difícil entrar na posição de um jogador que foi ídolo, existe uma comparação natural. São estilos diferentes. Tem de dar confiança e ritmo, deixar o tempo agir", explicou.

"O mais importante é que a diretoria tem credibilidade conosco. Se vier algum jogador, que venha para ajudar, será muito bem recebido", finalizou.

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes