Relembre os erros de Amarilla contra o Corinthians em 2013

Relembre os erros de Amarilla contra o Corinthians em 2013

Por Meu Timão

Amarilla prejudicou muito o Corinthians na Libertadores de 2013

Amarilla prejudicou muito o Corinthians na Libertadores de 2013

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Na noite deste domingo, o caso Carlos Amarilla ganhou um novo episódio: uma escuta sugere que o árbitro foi escolhido e direcionado a favorecer o Boca Juniors, na partida das oitavas de final da Copa Libertadores de 2013, contra o Corinthians.

No jogo, disputado no dia 16 de maio daquele ano, no estádio do Pacaembu, Carlos Amarilla prejudicou o Corinthians e influenciou na eliminação da equipe e no fim do sonho do bicampeonato da Libertadores.

No primeiro jogo, o Boca Juniors venceu por 1 a 0. Para avançar, o Timão precisava de 2 a 0 ou igualar o placar para levar a partida pra os pênaltis. O jogo terminou 1 a 1, com dois gols do Corinthians anulados, e o time brasileiro eliminado.

Logo no início da partida, o árbitro não marcou um pênalti claro em que a bola tocou na mão de Marin, do Boca Juniors. Além de não marcar a penalidade, Amarilla ainda deu cartão amarelo para Sheik por reclamação. Na sequência, aos 23 minutos, marcou um impedimento inexistente que anulou o gol marcado por Romarinho.

No segundo tempo, quando o jogo estava empatado, Paulinho marcou outro gol, mas Amarilla anulou alegando falta do volante do Timão no goleiro Orión. Aos 36 minutos, o árbitro errou de novo. Emerson Sheik foi nitidamente empurrado na área e ele simplesmente mandou seguir.

Relembre a análise de Carlos Eugênio Simon sobre a atuação de Amarilla

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes