CBF pede apuração 'rigorosa' e cobra Conmebol em caso Amarilla

CBF pede apuração 'rigorosa' e cobra Conmebol em caso Amarilla

Em 2013, os erros de Amarilla foram cruciais para a eliminação do Timão na Libertadores

Em 2013, os erros de Amarilla foram cruciais para a eliminação do Timão na Libertadores

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se pronunciou no início da tarde dessa quinta-feira sobre o caso Amarilla. Por meio do seu site oficial, o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, informou que foi enviado um ofício à Conmebol com um pedido de uma apuração rigorosa sobre as suspeitas de irregularidades na partida entre Corinthians e Boca Juniors, na Libertadores de 2013.

"O caso é grave e precisa ser apurado. Temos um clube brasileiro que pode ter sido prejudicado e é dever da CBF defendê-lo até as últimas consequências. Temos plena confiança na Conmebol e no presidente Juan Angel Napout e temos certeza de que tudo será esclarecido", declarou o presidente, ao site oficial.

O caso Amarilla teve início do último domingo quando escutas de conversas entre Julio Grondona, ex-presidente da AFA, e Abel Gnecco, representante do Comitê de Árbitros da Conmebol de 2013 foram reveladas. Em uma das ligações, a dupla conversava sobre a escolha de Carlos Amarilla para apitar a partida entre o Corinthians e Boca Juniors e comemorava que o árbitro foi "o maior reforço" do time argentino no último ano.

O Corinthians já se posicionou sobre o caso e fez uma solicitação formal para que o clube jamais tenha Carlos Amarilla em seus jogos novamente. Além disso, pediu uma apuração dos fatos e punição dos envolvidos.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes